Casal da região é preso em Bagé acusado de aborto e ocultação de cadáver

Os jovens foram identificados como Lidiane Valin Stum, 19 anos, natural de Segredo, e Arthur Siqueira de 18 anos, natural de Teutônia

Um jovem casal da região foi preso nesta quarta-feira (30/08) em Bagé. Eles são acusados por aborto e ocultação de cadáver. Os jovens foram identificados pelas autoridades policiais como Lidiane Valin Stum, 19 anos, natural de Segredo, e Arthur Siqueira de 18 anos, natural de Teutônia. Lidiane teria abortado um feto de quatro meses e ambos teriam enterrado-o em Higienópolis, atrás do Conjunto Habitacional Ney Azambuja (Cohab), em Bagé.

A Brigada Militar realizava buscas na Cohab, pois havia ocorrido um assalto em um supermercado próximo ao local. Logo em seguida, recebeu a informação de que um homem estava enterrando uma sacola em um campo próximo à Estrada de Higienópolis. Os policiais desenterraram a sacola e encontraram o feto. Horas depois, a polícia localizou o casal, que confessou serem os pais.

Lidiane contou para a polícia que o aborto foi espontâneo. Segundo a polícia, os jovens foram presos pelo crime de aborto e ocultação de cadáver, previstos nos artigos 124, 126 e 211 do Código Penal. A pena mínima é de um ano e a máxima de quatro anos de reclusão. Eles terão direito à ampla defesa.

- publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Escreva seu comentário!
Digite seu nome aqui