Teutônia Futsal perde de goleada em casa na primeira semifinal da Série Bronze

Situação da equipe teutoniense ficou complicada, pois terá que vencer no tempo normal e também na prorrogação

Teutônia Futsal perdeu em casa para a AMF de Marau na primeira partida

A AMF de Marau parecia estar jogando em casa na noite deste sábado (04/11), quando goleou a Teutônia Futsal por 5 a 1, na primeira semifinal da Série Bronze do Gauchão de Futsal. O Ginásio da Água, do Bairro Languiru – Teutônia, recebeu bom público, mas os cerca de 100 marauenses cantaram e “abafaram” a torcida da casa, mesmo em maior número.

A Teutônia Futsal pecou na marcação e dava muito espaço para os atletas da AMF pensarem a jogada. Logo com 2min39seg, Cristian Luft achou brecha na marcação pela esquerda, chutou cruzado e o goleiro Rafa não segurou: 1 a 0 para a AMF. Em erro de posicionamento defensivo da equipe teutoniense, a AMF ampliou para 2 a 0 com o capitão Esquerda, que só empurrou para a rede no segundo pau, com 8min40seg.

A ASTF criou a única oportunidade quando apertou a marcação, atendendo ao pedido das arquibancadas. Maiquel e Léo roubaram a bola e o último ficou na cara do gol, mas o arqueiro Cris Zaparolli defendeu. Ainda na etapa inicial, uma “trapalhada” na defesa da ASTF resultou no terceiro gol da AMF: dois jogadores tentaram afastar a bola e ela rebateu e foi ao gol: 3 a 0, com 13min37seg.

No segundo tempo, a Teutônia Futsal tentou mudar o panorama e descontar o placar, todavia não obteve êxito. Quando eram jogados 8min22seg, a AMF roubou a bola e no contragolpe Kiko só colocou para o gol vazio: 4 a 0. Teutônia arriscou goleiro-linha quando ainda havia mais de 6min para jogar. Restando 3min50seg, o goleiro Cris Zaparoli fez a defesa e colocou a bola para o gol vazio: 5 a 0. A Teutônia Futsal conseguiu descontar quando faltavam 1min25seg para o fim, com o ala Léo, fechando o placar em 5 a 1.

No próximo sábado, em Marau, a equipe da AMF joga com ampla vantagem para se classificar à final da Série Bronze. O time comandado pelo técnico Javali joga pelo empate. A Teutônia Futsal terá missão delicada: vencer no tempo normal e também vencer na prorrogação.

- publicidade -