Decisão do Regional com “sabor de chimarrão”

Aslivata terá um novo campeão. Título continuará em uma comunidade considerada do “interior”

Flor de Maio e Palanque decidirão o título do Regional da Aslivata 2017 - 20ª Copa Certel Sicredi

O Campeonato Regional da Aslivata – 20ª Copa Certel Sicredi 2017 – será decidido por dois clubes de Venâncio Aires – Terra do Chimarrão, na categoria Titulares. Palanque e Flor de Maio conquistaram a vaga na tarde de domingo (19/11), quando eliminaram União Carneiros de Lajeado e 7 de Setembro de Capitão, na fase semifinal da competição. O primeiro jogo terá o mando do Flor de Maio. A segunda partida terá como mandante o Palanque.

As duas equipes chegam pela primeira vez à decisão do Regional da Aslivata, que terá uma final inédita com dois clubes de Venâncio Aires e também revelará um novo campeão. Até hoje, 19 diferentes clubes levantaram o troféu de campeão. Palanque ou Flor de Maio será o 20º clube a ser campeão regional.

Jogando em Vila Palanque, domingo (19/11), o Palanque recebeu o União Carneiros na partida de volta da semifinal do Regional Certel Sicredi. Como o jogo de ida havia terminado com o empate em 1 a 1 e a vantagem de empates era do União Carneiros, ao Palanque só a vitória interessava para chegar à final e foi o que aconteceu. O Palanque venceu por 1 a 0, derrubou o único invicto até então, alcança a final inédita no Regional e continua sendo considerada a surpresa da competição.

Palanque, de Vila Palanque

O Flor de Maio, de Linha Travessa – Venâncio Aires, está na final da 20ª Copa Certel Sicredi 2017. A equipe comandada por Gilmar Mohr venceu o 7 de Setembro de Capitão no tempo normal e nos pênaltis, neste que foi o confronto de volta das semifinais do Regional da Aslivata. Domingo (19/11) à tarde, em Linha Travessa, o Flor de Maio fez 3 a 0 no tempo normal e venceu por 5 a 3 nas cobranças de pênaltis.

Flor de Maio, de Linha Travessa

Terceiro campeão de Venâncio Aires

Esta será, também, a oportunidade de Venâncio Aires ter seu terceiro clube diferente como campeão regional. O Cruzeiro foi campeão em 1986 e 1990, nas duas finais que disputou. O Juventude de Vila Arlindo disputou três finais (2000, 2003 e 2004), sendo campeão em 2004; e ainda conquistou a Supercopa dos Campeões em 2001. O EC Guarani de Venâncio Aires, antes de se profissionalizar, foi vice-campeão regional em 1985.

Veja a lista de todos os campeões regionais

Título seguirá no interior

Em 2017, o título de campeão regional novamente deve ficar em uma comunidade do interior: Vila Palanque ou Linha Travessa. As duas equipes decidirão o título e mantém, pelo terceiro ano consecutivo, a taça de campeão regional no interior de um município.

Em 2015, o 25 de Julho de Picada Aurora (Cruzeiro do Sul) conquistou o Regional Certel Sicredi e levou a taça para uma comunidade do interior. Em 2016, foi a vez do Juventude da Berlim (Westfália) repetir o feito.

Antes deles, as seguintes equipes, consideradas do interior, foram campeãs regionais: Esperança de Dona Rita – Arroio do Meio (1985), Brasil de Linha São José – Estrela (1988), Juventude de Vila Arlindo – Venâncio Aires (2004), Forquetense de Forqueta – Arroio do Meio (2012).

Rui Barbosa e Rudibar estão na final dos Aspirantes

A tarde decisiva na 20ª Copa Certel Sicredi 2017 – Regional da Aslivata – iniciou com as partidas de volta das semifinais para a categoria Aspirantes, na tarde deste domingo (19/11). Rudibar de Bom Retiro do Sul e Rui Barbosa de Arroio do Meio confirmaram presença na grande decisão.

O Rudibar empatou com o Estudiantes em 0 a 0 e, aliado à vitória no primeiro jogo, garantiu a vaga para a final do Regional. Na outra partida, o Saidera venceu o Rui Barbosa por 1 a 0 no tempo normal, porém nos pênaltis o Rui Barbosa foi mais competente e ganhou por 5 a 4.

Desde 2000, quando iniciou a disputa da categoria Aspirantes, o Rui Barbosa já disputou três decisões e foi campeão todas as vezes (tricampeão): em 2000 sobre o Canarinho de São Bento (Cruzeiro do Sul); em 2004 sobre o Juventude de Vila Arlindo (Venâncio Aires); e em 2006 sobre o Brasil de Marques de Souza.

- publicidade -