Repraas busca resgatar papagaio ameaçado de extinção

A Rede de Proteção Ambiental e Animal (Repraas) está realizando buscas a um papagaio ameaçado de extinção, no Bairro Alesgut, em Teutônia. O animal foi avistado por moradores, que acionaram o órgão. Nesta quarta-feira (03/01), os integrantes da Reprass tentaram capturá-lo, mas sem êxito. Eles estão contando com apoio da população para poder encontrá-lo.

Segundo o presidente do órgão, Vladimir da Silva, se trata de um papagaio do peito roxo e ele é domesticado. “Esta espécie está na lista de animais ameaçados de extinção. E como ele está domesticado, vai tentar viver próximo as pessoas”, acrescenta. A entidade tem receio que alguém o capture ou algum animal o mate, porque ele não está acostumado a buscar o alimento.

Silva lembra que a posse deste tipo de papagaio deve ser autorizada pelo IBAMA. A posse ilegal é crime ambiental e a multa pode chegar a R$ 15 mil. A intenção é encaminhar o papagaio para o projeto “Projeto Charão”, mesmo ele não sendo desta espécie, para que especialistas possam dar a continuidade a procriação dele e para que saia da lista de animais ameaçados de extinção. Quem avistar o papagaio pode acionar a Repraas (9 9737 4426).

- publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Escreva seu comentário!
Digite seu nome aqui