Paróquia Católica realiza festa do Colono e Motorista

1766
Imagem de São Cristóvão

A Paróquia Nossa Senhora do Rosário de Teutônia promove neste domingo, dia 23 de julho, a sua tradicional Festa do Colono e Motorista, com procissão motorizada, bênção aos condutores, almoço ao meio-dia e festejos à tarde.

O evento iniciou com a missa, conduzida pelo padre Eduardo Schuster, junto ao pátio do Posto Canteiros, no Bairro Canabarro. Schuster deu ênfase à relevância das profissões, mas também destacou a importância da fé em Deus para abençoar o trabalho em qualquer atividade.

Padre Eduardo (c) conduziu a cerimônia religiosa

Depois da celebração e antes de iniciar a procissão, foi realizado o leilão para ver quem conduzirá a imagem de São Cristóvão em 2018. O maior lance foi da empresa Carvão Teutônia, que arrematou o leilão pelo valor de R$ 3.700,00, tendo o direito de puxar a procissão do próximo ano. O maior lance até hoje foi em 2013, pelas Lojas Vargas, ao valor de R$ 4.050,00.

Carvão Teutônia arrematou o leilão para conduzir a imagem de São Cristóvão em 2018

Após a cerimônia religiosa, os fiéis iniciaram a procissão motorizada, neste ano com a abertura da Serraria Travessão, que faturou o leilão do ano passado e conduziu a imagem de São Cristóvão, santo protetor dos motoristas. Os veículos e caminhões se aglomeraram na Rua Tiradentes, próximo ao local da missa, para sair em procissão.

Veículos aguardaram próximo ao local da missa para iniciar a procissão motorizada

O fluxo seguiu pela ERS-128 (Via Láctea) até o Bairro Languiru, retornando pela Avenida 1 Leste, Avenida Leopoldo Schneider e Rua Dom Pedro II até chegar defronte ao pavilhão católico em Canabarro. Lá, o padre Eduardo deu a bênção, com água benta, nos veículos, pedindo a proteção aos motoristas.

Defronte ao Ginásio, padre deu a bênção aos motoristas
- publicidade -