Atletas do CT Carneiro Team conquistam títulos estaduais e nacionais no Muay Thai

Liderados pela multicampeã Faby Weber, três lutadores trouxeram medalhas para o município

- Publicidade -spot_imgspot_img

O 8º Campeonato Gaúcho de Muay Thai FGMM 2021 aconteceu no dia 11 deste mês, em Sapucaia do Sul. Representando o Centro de Treinamento Carneiro Team Teutônia, sob o comando da multicampeã e técnica, Faby Weber, os atletas Évelin Weber, Glaudir Abreu e Jeanderson da Rosa sagraram-se campeões gaúchos em suas respectivas categorias: 57kg, 60kg e 75kg.

Évelin Weber conquistou o primeiro lugar no estadual e nacional / Crédito da foto: Centro de Treinamento Carneiro Team Teutônia / Divulgação

Com os títulos, eles conquistaram a classificação para o Campeonato Brasileiro. Consequentemente, para o Mundial, que ocorrerá na Tailândia, em março de 2022. No total da competição, foram 80 disputas e mais um card principal com nove lutas profissionais. Mais de 24 cidades estiveram presentes, com a participação de 46 equipes.

NO BRASILEIRO, MAIS TRIUNFOS

Em seguida ao Gaúcho, o 7º Campeonato Brasileiro foi realizado nos dias 12, 13 e 14, em Canoas. Com a presença de mais de 500 atletas, de 16 estados, Teutônia esteve representada pelos campeões estaduais Évelin Weber, Glaudir Abreu e Jeanderson da Rosa.

Glaudir Abreu foi campeão no estadual e vice no nacional / Crédito da foto: Centro de Treinamento Carneiro Team Teutônia / Divulgação

Évelin conquistou o topo do pódio, sagrando-se campeã Brasileira. Foram duas lutas contra atletas do Mato Grosso do Sul e Santa Catarina; duas vitórias por decisão unânime.

Em três combates, Glaudir conquistou o segundo lugar em sua categoria, garantindo a medalha no peito. Foram dois nocautes em menos de 30 segundos, contra atletas do Mato Grosso do Sul e Piauí. No terceiro combate, contra lutador do Rio de Janeiro, o resultado ficou dividido e a vitória foi dada ao carioca. Já Jeanderson participou da chave com 14 atletas, chegando a 4ª colocação.

Segundo a professora da equipe, Faby Weber, os atletas fizeram excelentes lutas, “representando muito bem Teutônia e o Centro de Treinamento”. Faby também destaca o papel do líder para quem vai subir no ringue. “Não é impor. Liderar é despertar nos outros a vontade de fazer. E a resposta não poderia ter sido diferente”, comemora.

- Publicidade -

MAIS

- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Escreva seu comentário!
Digite seu nome aqui