Religiosos recebem o título de cidadão emérito de Poço das Antas

172
À esquerda: Vereadora Camila Follmann entregou a homenagem a Bispo Dom Aloísio Dilli. À direita: Presidente da Câmara, Maicon Stuermer, entregou a homenagem a Irmão Henrique Justo / Crédito das fotos: Paloma Griesang

A noite de segunda-feira (3/10) foi de homenagens em Poço das Antas. Em sessão solene realizada no Cebovi, em Boa Vista, a Câmara de Vereadores concedeu dois títulos de cidadão emérito. Os agraciados foram Bispo Dom Aloísio Alberto Dilli e José Alveno Flach, mais conhecido como Irmão Henrique Justo. Os religiosos são naturais de Poço das Antas e possuem trajetória de destaque tanto na área religiosa quando na educação.

A homenagem a Bispo Dom Aloísio foi proposta pela vereadora Camila Regina Follmann (Progressistas), aprovada pelos demais vereadores e sancionada pela prefeita Vânia Brackmann. Em seu discurso, Camila enalteceu a relação do religioso com a comunidade de Boa Vista. “A comunidade de Boa Vista, e Poço das Antas, se sentem orgulhosas de ter um filho que as representam com tal brilho pelas suas andanças pelo planeta”, declara. Ela, que também é da localidade, se disse honrada em poder entregar a homenagem em nome da comunidade.

Já o título a Irmão Henrique Justo foi proposta do presidente da Câmara, Maicon Luis Stuermer (MDB), igualmente aprovado pelos demais vereadores e sancionado pela prefeita. O vereador destacou toda a trajetória de vida de Irmão Justo. Neste ano, o religioso completou100 anos. Sendo assim, Stuermer agradeceu o esforço feito para que ele se fizesse presente na homenagem. “Obrigado pelo amor de ter levado o nome de Poço das Antas a tantos lugares. Por essa história, nada mais justo que conceder este título”, declara.

Outros vereadores também prestaram suas declarações, representando as bancadas de seus partidos. Andréia Brinckmann Griebeler (PDT) disse que a homenagem é justíssima. “São pessoas que fazem a diferença para a sociedade e que construíram suas vidas com trabalho, dedicação e muito talento. Com coração cheio de alegria que celebramos este momento solene onde temos oportunidade de valorizar o trabalho destes valorosos servos de Jesus”, avalia.

Rodrigo Galdino Schwingel (PSDB) ressaltou a obra dos homenageados e sua relação com Poço das Antas. Salientou que em Poço das Antas se formam pessoas brilhantes e agradáveis que carregam valores que já não existem em outros lugares. “É um prazer enorme prestar homenagem a figuras ilustríssimas nascidas e desenvolvida nesse chão”, pontua.

A prefeita de Poço das Antas, Vânia Brackmann, disse que o currículo dos homenageados deixa claro suas propriedades intelectuais e sabedoria. “Motivo de pleno orgulho e honra ter seus nomes atrelados a história de Poço das Antas”, declara.

Os homenageados

Bispo Dom Aloísio Dilli nasceu em 21 de junho de 1948, na localidade de Boa Vista e ingressou no seminário franciscano com 11 anos. Foi o formador, professor e animador vocacional no Convento São Boaventura em Daltro Filho, Imigrante. Fez formações na Europa, e foi Mestre de Noviços no mesmo convento. Em 2007 recebeu do Papa Bento XVI a nomeação de Bispo da Diocese de Uruguaiana/RS. Em 2016, o Papa Francisco nomeou Dom Aloísio Alberto Dilli, como 4º Bispo de Santa Cruz do Sul. Hoje, é membro efetivo da Comissão Episcopal dos Textos Litúrgicos da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil.

Em seu discurso, salientou sua história e sua relação com Poço das Antas, sobretudo com a Comunidade Mãe de Deus, em Boa Vista. Salientou os sentimentos de alegria e gratidão. “Alegria de pertencer a está terra. Gratidão a todos conterrâneos pela acolhida e apoio que nunca faltaram. Dedico este título a todos e todas que fazem parte da história de minha vida. Sempre levarei com orgulho o nome da minha terra natal”, destaca.

José Alveno Flach nasceu em 25 de julho de 1922, em Poço das Antas. Em 1934, após o primário, José Arveno Flach ingressou no internato do Instituto São José (atual La Salle), de Canoas. Em 1939, tornou-se lassalista, adotando o nome de Irmão Henrique Justo. Dedicou-se primeiramente à fotografia. É mestre em pedagogia e psicologia, com diversas especializações realizadas no exterior. Atuou durante 40 anos na PUC/RS como professor, coordenador de departamento e vice-diretor da Faculdade de Educação. E também como diretor do Instituto de Psicologia. Tem publicados livros, artigos e opúsculos, somando mais de 80 edições.

Em 1970 fundou o Centro de Estudos da Pessoa em Porto Alegre, sendo considerado um dos precursores da psicologia humanista no país. Coordenou o curso de especialização na ACP, no Centro Universitário La Salle de Canoas.

Irmão Justo agradeceu a homenagem. Salientou que Poço das Antas significa e sempre significou muito para ele.

Sessão ordinária

Antes da sessão solene, a Câmara ainda realizou sessão ordinária. Na oportunidade, a vereadora Célia Lurdes Koerbes (MDB) salientou que é a primeira sessão em uma comunidade realizada desde as restrições da pandemia. Antes, uma vez por ano a Câmara realizava sessão em uma comunidade, o que não ocorreu em 2020 e 2021.

A vereadora também chamou a atenção sobre o Outubro Rosa. Salientou a preocupação com o grande número de pessoas enfrentando o câncer. Lembrou sua própria luta contra a doença. Agradeceu a administração e Secretaria de Saúde pela atenção as pessoas e pelas ações realizadas neste sentido, sugerindo ações durante o mês direcionadas as mulheres.

Clóves Knob (PDT) aproveitou o espaço para defender sua indicação sobre o cercamento eletrônico na cidade. Reforçou que já há o videomonitoramento, mas que ele pode ser aprimorado. Como exemplo citou o sistema que já é usado em Teutônia para identificação de placas e veículos suspeitos. Pediu atenção do Município a essa sugestão que julga de grande importância.

Um projeto de lei aprovado

A Câmara de Vereadores de Poço das Antas realizou sessão ordinária na noite desta segunda-feira (3/10). Na oportunidade, um projeto de lei foi aprovado por unanimidade. Confira a matéria que deu entrada na pauta de votação:

Projeto de Lei nº 63/2022, de autoria do Executivo, autoriza abrir Crédito Adicional Suplementar no valor de R$ 362.000,00, com recursos do excesso de arrecadação e da anulação parcial de rubrica orçamentária. Visa a suplementação de rubricas orçamentárias em diversas Secretarias Municipais e acrescem dotações às rubricas para despesas de custeio.

A próxima sessão ordinária da Câmara de Vereadores de Poço das Antas acontece no dia 24 de outubro, a partir das 19h, na sede do Legislativo.

- publicidade -