Santa Clara do Sul lança livro e aplicativo

Evento de lançamento reuniu imprensa, lideranças da comunidade e da região na noite desta quinta-feira (1°/6) no Centro de Reservistas.

546

Uma noite memorável e de muitas homenagens, que reuniu história e modernidade. É o que se pode dizer quanto ao evento de lançamento do livro e do aplicativo de Santa Clara do Sul na noite de quinta-feira (1º/6). O evento ocorreu no Clube Centro de Reservistas e cerca de 200 pessoas se fizeram presentes.

O livro “Nós não estamos sozinhos – História de fé e luta de Santa Clara do Sul” resume os desafios e conquistas do município desde a colonização, passando pelo combate vitorioso dos colonos contra os maragatos e pelo processo de emancipação até os dias atuais.

Já o aplicativo, que agora está disponível para Android e iOS, ampliará a comunicação entre governo municipal e cidadão, reunindo informações úteis de forma didática. Santa Clara do Sul passa a ser o segundo município no Rio Grande do Sul a ter um aplicativo neste formato.

O aplicativo terá informações sobre coleta de lixo, telefones úteis, guias cultural, comercial e turístico, esporte e lazer, vagas de emprego, clima, e notícias e alertas que a prefeitura necessita passar aos cidadãos de forma rápida.

Conforme o prefeito Paulo Kohlrausch, objetivo é valorizar a história, a cultura, a inovação e a tecnologia no município. “Esse livro nasce de uma pesquisa de dois anos conta com 260 páginas, divididas em 10 capítulos, tem vários detalhes históricos, e uma narrativa de leitura agradável”, explica o chefe do executivo. Quem conta a história do livro é a própria Santa Clara, a narradora da história, como um indivíduo falando em primeira pessoa.

O aplicativo foi idealizado e elaborado por oito meses pela empresa eCidade.App, de São Paulo. O Prefeito destaca o valor que necessita ser dado as informações e serviços que agora são possíveis através dessa plataforma. “Um dos objetivos é estimular o empreendedorismo em segmentos como o turismo por meio da tecnologia, da inovação e através dessa aproximação entre o cidadão, o poder público e a iniciativa privada”, afirma.

- publicidade -