Eleitor que fez título novo na pandemia deverá coletar biometria

1174
A coleta dos dados é realizada na sede dos Cartórios Eleitorais // Crédito da foto: Jean Teixeira/Divulgação/Arquivo FP

Quem emitiu título eleitoral no período da pandemia – especialmente jovens de primeiro título – ficou sem o registro da biometria, porque o serviço era on-line e não havia a coleta dos dados biométricos: foto, assinatura e digitais. Estes eleitores são convidados a comparecer no Cartório Eleitoral de sua cidade para realizar a coleta pelo sistema biométrico do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

O Cartório Eleitoral de Teutônia recomenda aos eleitores anteciparem o procedimento para evitar filas próximo do fechamento do cadastro eleitoral, previsto para 30 de abril de 2024. Até esta data o eleitor precisa estar com o título regularizado para estar apto a votar no pleito municipal do próximo ano.

O atendimento é de segunda a sexta-feira, das 10 às 17h, sem necessidade de agendamento. Basta comparecer no Cartório Eleitoral, munido de RG e comprovante de residência atualizado. Quem quiser agendar o serviço, pode fazê-lo. Os demais serviços cartoriais também seguem inalterados. Quem já tem a biometria coletada não precisa comparecer.

Os eleitores sem biometria ainda poderão votar nas Eleições Municipais de 2024, mas o título precisa estar em situação Regular. A meta do TSE é ter todos os eleitores cadastrados com biometria até as Eleições Gerais de 2026.

- publicidade -