Diálogo no ambiente escolar é tema de formação continuada

779
Formação ocorreu na Associação de Pequenas e Médias Empresas de Garibaldi – APEME/Crédito da foto: Priscila Pilletti/Divulgação

O trabalho por uma educação com mais valores humanos ganhou uma nova etapa em Garibaldi nesta semana. Entre os dias 19 e 21 de junho, profissionais da área participaram de formação continuada sobre Justiça Restaurativa e círculos de paz, na sede da Associação de Pequenas e Médias Empresas de Garibaldi – APEME.

- publicidade -

Mais do que na resolução de conflitos, o método é focado no poder transformador das relações humanas para a sua prevenção, de acordo com o mediador da atividade, Alceu Valim. “Sentar-se em círculo é uma prática ancestral, onde as pessoas se sentem seguras para trabalhar as emoções. Esse resgate das rodas de conversa lembra a família ideal e estimula a visão do outro como uma extensão de si mesmo”, explica o docente.

Trabalhada pela Secretaria Municipal de Educação (SMEd) desde 2013, a Justiça Restaurativa se baseia mais no diálogo e menos na imposição, que já não é aceita pela nova geração. “Nosso grande objetivo é tornar as escolas mais afetivas e os círculos de paz auxiliam muito. Esta formação é feita para que estejamos sempre alimentados com este saber, para a proposta de uma escola com mais valores humanos”, explica a secretária Simone Rosanelli Chies.

Neste ano, a SMEd lançou o projeto “Escola guiada por valores”, que realiza formações mensais com professores, além de atividades com alunos e pais, para reforçar o elo entre escola e família. “Com pais que trabalham fora todo o dia, a responsabilidade sobre os filhos fica sobre a escola. É fundamental dividirmos essa função com a família”, Simone acrescenta.

A formação realizada nesta semana foi uma proposta do promotor de justiça de Bento Gonçalves, Elcio Resmini Meneses, por meio da Associação dos Juízes do Rio Grande do Sul (AJURIS) para vários municípios da Serra Gaúcha, inclusive Garibaldi, Boa Vista do Sul e Coronel Pilar. Além de educadores da SMEd, participaram da atividade assistentes sociais, psicólogas e diretores da rede estadual.

Fonte: AI Garibaldi

- publicidade -