Lajeado avalia medidas para reforçar segurança na UPA

487
Reunião definiu medidas após troca de tiros e resgate de um preso na UPA/Crédito da foto: Divulgação

Após o episódio em que um apenado do Presídio Estadual de Lajeado foi resgatado durante atendimento médico na UPA de Lajeado, na noite de segunda-feira (26/06), a Prefeitura Municipal, por meio das secretarias de Segurança Pública (Sesp) e da Saúde (Sesa), reuniu-se com órgãos de segurança locais para discutir medidas de ampliação da segurança na Unidade de Pronto Atendimento (UPA). Durante o encontro entre membros das duas secretarias, a Superintendência de Serviços Penitenciários (Susepe), a Brigada Militar e a Fundação Hospitalar Getúlio Vargas, que gerencia a UPA, decidiu-se que serão adotadas quatro medidas preventivas:

– Os órgãos de segurança tomarão medidas operacionais nos deslocamentos para aumentar a segurança durante o transporte de apenados quando forem levados para atendimento médico;

– A Secretaria da Saúde buscará estabelecer, em conjunto com a regulação do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (SAMU), os locais de atendimento para onde serão encaminhados os apenados, conforme a gravidade de cada caso;

– Também será avaliada a ampliação da carga horária do médico que atende as consultas de rotina dentro do Presídio Estadual de Lajeado com o objetivo de criar instrumentos que possibilitem tratamentos mais eficazes das doenças crônicas dos apenados, evitando assim a necessidade da busca de atendimento médico fora do presídio;

– Prefeitura e UPA agilizarão um projeto, já em estudo, que prevê a instalação de 16 câmeras de vídeo na UPA, o que facilitará o controle da unidade.

Fonte: AI Lajeado

- publicidade -