Daltro Filho ficará temporariamente sem serviços de Correio

451

A distribuição de cartas e encomendas via Correios ficará temporariamente suspensa no bairro Daltro Filho, em Imigrante, a partir do mês de julho.
Existia um contrato entre os Correios e uma empresa terceirizada, onde o município recebia o repasse para que fosse realizada a distribuição dos materiais aos moradores do bairro Daltro Filho. Porém, este repasse foi cancelado.
O que motivou o cancelamento foi um levantamento por parte da Superintendência da Autarquia, no qual a população do bairro Daltro Filho estaria abaixo do mínimo exigido por eles, que é de 500 pessoas. Os dados foram contestados e não aceitos pelo órgão.
Para continuar com os serviços, Imigrante deverá assinar um acordo de cooperação técnica, onde o município deverá dispor de local, que se enquadre na exigência dos Correios, um servidor que ficará responsável pela unidade, bem como do transporte dos malotes e encomendas.
O Secretário Municipal de Administração, Planejamento e Finanças, Emiliano Romagna, explica que assumir mais esta responsabilidade, que não é de competência do Município, irá gerar despesas adicionais não previstas. “Faremos o que estiver ao nosso alcance e assumiremos mais este encargo para não deixar a população de Daltro Filho desassistida”, afirma.
Romagna também solicita a colaboração dos munícipes com os servidores da agência dos Correios localizada no Centro, até que o município consiga atender as exigências para restabelecer as entregas no bairro.

Fonte: AI Imigrante

- publicidade -