Iniciado período de inscrições e avaliações do Programa de Inclusão Social e Produtiva no Campo

692
Reuniões iniciaram em junho e seguem em julho/ Crédito da foto: Éderson Moisés Käfer/Divulgação

 

Oferecer novas perspectivas para o agronegócio e reintegrar aquele produtor rural que encerrou suas atividades na pequena propriedade. A Cooperativa Languiru exerce seu protagonismo regional ao mirar esses objetivos com o Programa de Inclusão Social e Produtiva no Campo. Mais um importante passo nesse sentido foi dado no mês de junho, com o início das reuniões nos municípios que aderiram ao programa. Os encontros servem para mostrar as metas e o cronograma do programa a produtores rurais, prefeitos, secretários municipais e representantes de entidades de classe.

No mês de junho ocorreram reuniões em Teutônia, Poço das Antas, Bom Retiro do Sul, Colinas, Cruzeiro do Sul, Forquetinha, Westfália, Tupandi, Paverama, Estrela, Nova Bréscia, Travesseiro, Venâncio Aires e Fazenda Vilanova. Para o mês de julho, o roteiro prevê reuniões em Mato Leitão, Arroio do Meio, Brochier, Rio Pardo, Santa Cruz do Sul, Santa Clara do Sul e Imigrante. Lançado oficialmente no dia 03 de maio, o programa é idealizado pela Cooperativa Languiru, com apoio e envolvimento da Emater/RS-Ascar, de Sindicatos de Trabalhadores Rurais, de Secretarias Municipais da Agricultura, do Centro de Apoio e Promoção da Agroecologia (CAPA), do Centro Regional de Treinamento de Agricultores (CERTA), da Fundação Agrícola Teutônia (FAT) e da Sicredi Ouro Branco.

Cronograma

Os associados da Languiru interessados em participar do programa devem efetuar inscrição nos escritórios municipais da Emater/RS-Ascar. Os interessados que ainda não são associados da Languiru devem dirigir-se até o Setor de Atendimento Social do Departamento Técnico, no Bairro Languiru, em Teutônia.

Na sequência o cronograma de atividades prevê a avaliação e seleção dos beneficiários por parte do grupo gestor de cada município. A partir disso, será encaminhado diagnóstico das propriedades rurais e feito planejamento individual.

Para maio de 2018 está prevista a avaliação municipal dos indicadores, como renda líquida, custo de produção, CCS e CBT. Em junho de 2018 deve ocorrer o primeiro encontro regional dos participantes do programa, em grande evento na Associação dos Funcionários da Languiru.

- publicidade -