Proerd forma mais de 500 jovens em Lajeado

936
Ao todo foram 567 jovens formados/Crédito da foto: Bianca Mallmann/Divulgação

A formatura de 567 jovens no Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd) movimentou a manhã desta sexta-feira (07/7). No total, 17 escolas do município estiveram presentes à formatura, que ocorreu no Teatro do Centro Cultural Univates. Também estiveram presentes à solenidade a vice-prefeita de Lajeado, Gláucia Schumacher, o secretário de Segurança Pública, Paulo Locatelli, e a secretária de Educação, Vera Plein.

- publicidade -

“O conhecimento é a única coisa que podemos conquistar e que jamais deve esquecida ou deixada de lado. Tudo o que vocês aprenderam no Proerd ajudará a construir o futuro da nossa cidade. Estamos orgulhosos de cada um de vocês por apoiarem esta causa”, destacou a vice-prefeita de Lajeado, Gláucia Schumacher.

Coordenado pela Brigada Militar em parceria com a Prefeitura de Lajeado, o Proerd foi realizado em 10 encontros com as crianças das escolas municipais, estaduais e particulares participantes do projeto. Nas aulas, foram trabalhados temas de valorização da vida e a importância de manter-se afastado das drogas e da violência. Os policias militares que realizaram as atividades orientaram os jovens quanto aos efeitos destas substâncias no organismo, os riscos de sua escolha e as características de ser um bom cidadão.

Estudantes receberam seus certificados/Crédito da foto: Bianca Mallmann/Divulgação

“Nos encontros, buscamos desenvolver a confiança destas crianças. Ensinamos como eles devem se comportar, comunicar e tomar decisões”, disse a capitã da Brigada Militar, Karine Pires Soares Brum.

Eduarda Graff, 11 anos, e Priscila Vitória do Prado, 11 anos, colegas do 6º ano da Escola Municipal de Ensino Fundamental Guido Arnoldo Lermen, mostravam o orgulho de fazer parte das atividades.

“É muito legal estarmos aqui entre os formandos no Proerd. Aprendemos muito nas aulas com a equipe da Brigada Militar e vamos levar para a nossa vida tudo o que eles nos ensinaram”, disse Eduarda.

- publicidade -