Mostra Brasil: parceria entre prefeitura e Univates se destaca 

620
Débora, durante a apresentação em Brasília
A parceria entre a Prefeitura de Estrela e a Univates na implantação do Centro de Atendimento Materno-infantil foi um dos aspectos que chamou atenção da banca avaliadora e do público que acompanhou a apresentação do projeto durante a Mostra Brasil, aqui tem SUS 2017, realizada na  semana passada, durante o congresso  do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems), em Brasília/DF.
A explanação foi feita pela enfermeira da Secretaria da Saúde Débora Martins e acompanhada pelo secretário Elmar Schneider, pela enfermeira Leandra Baldissarelli e pela coordenadora acadêmica administrativa do Centro, Pâmela de Souza.”Há muitas experiências sob a forma de consórcios, mas nosso projeto era um dos únicos com uma universidade”, salienta.
Conforme Débora, diante da crescente demanda do SUS, as parcerias público-privadas são alternativas para viabilizar os atendimentos. Ela ressalta que, pelo fato de o projeto do Centro Materno-infantil ter sido implantado há poucos meses, ainda não é possível mensurar os resultados pretendidos, como a redução da mortalidade infantil e das cesáreas, e o aumento do número de consultas pré-natal pelas gestantes. O vencedor da Região Sul (Paraná, Santa Catarrina e Rio Grande do Sul), que recebeu um prêmio de R$ 10 mil, foi o município de Tigrinhos (SC), com a experiência “Criança Sorriso: saúde bucal na escola”.
Débora cita ainda outro aspecto importante em relação ao Centro. “Faz com que os futuros profissionais tenham contato com o Sistema Único de Saúde e com a população atendida, conhecendo a realidade do sistema”, afirma. Para ela, o fato de o projeto ter sido selecionado entre 21 no Rio Grande do Sul que participaram da Mostra já é uma conquista importante, que demonstra ser uma iniciativa inovadora na assistência a gestantes e crianças até os dois anos de idade e em termos de parceria público-privada voltada à saúde.
- publicidade -