Escolas estaduais têm dia letivo normal no Vale do Taquari

Alguns professores aderiram à greve, mas até o momento aulas ocorrem normalmente

1295
No Augustin, três professores aderiram à paralisação/Crédito da foto: Grasieli Nabinger/Arquivo FP

Na terça-feira (01/08) os professores da rede estadual de ensino do Rio Grande do Sul definiram, em assembleia do Cpers-Sindicato, uma greve por tempo determinado até a sexta-feira (04/08). Em Teutônia, o movimento não deve paralisar o funcionamento das três escolas estaduais.

Conforme a Escola Estadual de Ensino Médio Gomes Freire de Andrade, do Bairro Languiru, o educandário segue com aulas normais. A Escola Estadual de Ensino Fundamental Tancredo de Almeida Neves, do Bairro Languiru, também segue com atividades normais e sem nenhuma mobilização.

Na Escola Estadual de Ensino Médio Reynaldo Affonso Augustin, do Bairro Canabarro, as atividades seguem em andamento, porém três professores aderiram ao movimento e estão de greve.

No Vale do Taquari, de acordo com Fábio Mallmann da 3ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE), as 89 escolas estaduais seguem com dia letivo normal. A CRE está contatando os educandários para verificar a situação em cada uma das escolas. Mais informações devem ser divulgadas posteriormente.

A greve é motivada pelo novo parcelamento dos salários dos servidores por parte do governo estadual. A primeira parcela teve liberação de R$ 650 por matrícula no primeiro dia de pagamento. Este já é o 18º parcelamento feito pelo Governo.

- publicidade -