Garibaldi integra lançamento de “O Filme da Minha Vida”

A produção, que exalta locações garibaldenses, estreia hoje em todo o Brasil

644
Lançamento do filme foi feito no vagão da Maria Fumaça/Crédito da foto: Alexandra Ungaratto/Divulgação

 Um misto de curiosidade e orgulho tomou conta de todos no lançamento da produção “O Filme da Minha Vida”. Depois de dois anos de espera, centenas de figurantes envolvidos, meses de gravação e expectativa crescente, a produção – que exalta diversos pontos de Garibaldi – foi apresentada para imprensa e convidados na terça-feira (02/08), em Bento Gonçalves.  Desde esta quinta-feira, 3 de agosto, o filme já pode ser conferido em mais de 200 salas de cinema por todo o Brasil.

- publicidade -

As atividades de lançamento iniciaram cedo. À tarde, a Maria Fumaça –  fio condutor da trama – foi o local escolhido para que a imprensa local e autoridades recebessem o diretor e ator Selton Mello para uma coletiva. A atividade contou com a presença do prefeito de Garibaldi, Antonio Cettolin, do vice-prefeito, Antonio Fachinelli e do secretário de Turismo e Cultura, Paulo Salvi.

No vagão utilizado na trama e que seguirá como memória do filme e atrativo turístico, a presença dos pais de Mello trouxe um ar ainda mais intimista à ocasião. O diretor, a produtora Vania Catani e o produtor executivo Leonardo Edde agradeceram o empenho de toda a região para viabilizar e divulgar um filme “tão nosso”. Ao citar os motivos que fizeram a região ser escolhida, a arquitetura preservada, a acolhida da população, a luz e a beleza das sete cidades foram decisivas para transformar o longa em “uma grande fábula”, como o próprio Selton definiu.  Baseado no livro “Um pai de cinema”, de Antonio Skármeta, a história, que originalmente se passa no Chile na década de 50, é transportada para os anos 60 no Sul do Brasil, reforçando a vocação cinematográfica da região.

Com a direção de fotografia assinada por Walter Carvalho, o telespectador viaja no tempo. As paisagens habituais de Garibaldi e região se entrelaçam em tons que unem melancolia, força, graça e muita sutileza. Os detalhados figurinos de época e a trilha sonora original garantem ainda mais densidade e beleza à trama. Já na época das filmagens, em 2015, Selton reforçava que a Serra combinava com a identidade da produção. “A história é incrível e muito sensível. Garibaldi possui cenas muito importantes nas duas cidades fictícias, Remanso e Frontera”.

“O Filme da Minha Vida” é uma coprodução com a MGM International por meio da Lei do Audiosivual/Ancine, tem o patrocínio da Brasil Kirin por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura do Rio de Janeiro e conta com investimentos do Fundo Setorial do Audiovisual/Ancine por meio do BRDE e da Rio Filme.  A Prefeitura de Garibaldi e a Garibaldi Film Commission são parceiras da produção. A exibição de terça à noite foi promovida pela Giordani Turismo.

- publicidade -