Adequações ao projeto de requalificação do prédio da Estação Ferroviária são apresentadas

636
Crédito da foto: Thais Cristina Formentini/Divulgação
Nesta quinta-feira, 04, foi realizada audiência pública para apresentação das adequações feitas ao Projeto de Requalificação do prédio da Estação Ferroviária, localizado no Parque da Estação. Com início às 18h, no Cine Ideale, a reunião foi conduzida pela Coordenadora de Relações Institucionais e Captação de Recursos, Vera Rejane Prestes dos Santos Martins. O Prefeito Evandro Zibetti, o Vice-Prefeito Beto Da-Fré, o Presidente da Câmara de Vereadores, Denir Gedoz, Secretários Municipais e Vereadores também acompanharam a explanação.
A requalificação do espaço é necessária pois o atual prédio não possui condições mínimas de segurança, impossibilitando seu uso. Desta forma, as arquitetas Luisa Hering, Mirela Dalmas e Renata Tosi realizaram o projeto que foi apresentado em audiência pública no dia 20 de junho, o qual é baseado na história da Estação Férrea, deixando as principais marcas visíveis. Além disso, a proposta reforça algumas obrigações legais, como a NBR 9050/2015, que trata da acessibilidade das edificações, a NBR 9077/2011, que considera as saídas de emergências em edificações e a Lei Municipal 3364/2017, que trata do Código de Obras da cidade.
Naquela oportunidade, os presentes sugeriram algumas alterações por escrito ao projeto. Desta forma, na noite de ontem foram apresentadas as adequações feitas, sendo que 54% das sugestões recebidas foram atendidas. Dentre elas, as solicitações para manter os banheiros externos, de criar o museu do trem, espaço para projeção de filmes e questões relativas as rampas e fachadas foram atendidas.
A sugestão de projeto atual faz com que o espaço do Prédio da Estação apresente uma área de entrada com acessibilidade e banheiros, um auditório com palco para 74 pessoas e um espaço para exposições permanentes ou itinerantes. Com custo estimado em R$2.762.000,00, os recursos para futura obra devem ser obtidos através a Lei Rouanet, do Governo Federal.
Aos contrários ao projeto elaborado pelas arquitetas Luisa Hering, Mirela Dalmas e Renata Tosi, o Prefeito Evandro Zibetti concedeu a possibilidade de que apresentem um novo projeto, dentro do prazo de 30 dias. Além disso, para o primeiro encontro de arquitetos, cedeu a Sala de Reuniões do Gabinete do Prefeito, na próxima segunda-feira, a partir das 18h.
- publicidade -