Exposição fotográfica Doce Espera será levada aos espaços públicos e comunitários de Lajeado

77
Artes
Crédito da arte: Júlia Caroline Geib

Com o objetivo de ampliar o acompanhamento diferenciado dentro da Assistência Social do Município de Lajeado para com as jovens lajeadenses que engravidam, uma exposição fotográfica intitulada Doce Espera, percorrerá diversos espaços públicos de Lajeado, iniciando pela Univates, nesta quarta-feira (09/10). A exposição surgiu mediante uma parceria da Secretaria do Trabalho, Habitação e Assistência Social (STHAS) com a Secretaria de Saúde (SESA) e Núcleo Municipal de Educação em Saúde Coletiva (NUMESC).

“A Exposição Fotográfica Doce Espera nasce do desejo de ter a gestação marcada mais do que na memória, eternizando-a também, em registros fotográficos”, destaca a coordenadora do CRAS Espaço da Cidadania, Fátima Machado. Segundo ela, são inúmeras as mudanças no corpo, no ambiente familiar, além do turbilhão de pensamentos na mente de uma mulher que inicia uma gestação.

Estou grávida, e agora? E Como é o parto? Essas foram as primeiras de muitas questões trazidas pelas futuras mães no Grupo Doce Espera, do Serviço de Proteção e Atendimento Integral à Família (PAIF), ofertado no primeiro semestre de 2019, junto ao CRAS Espaço da Cidadania, em Lajeado. Fátima conta que durante o período de 2 meses foi realizado um trabalho social com 12 famílias, objetivando fortalecer a função protetiva das mães, prevenindo a ruptura de seus vínculos familiares e comunitários, promovendo acesso e usufruto de direitos e contribuindo na melhoria da qualidade de vida dessa população.

As gestantes, na sua maioria adolescentes, trocaram vivências e questionamentos sobre a gravidez, sendo ela inesperada ou planejada. “Administrando sentimentos de alegria e confusão, elas receberam um ombro amigo e apoio na resolução ou redução de conflitos entre os membros familiares”, destaca Fátima. Da preocupação inicial, surgiu a oportunidade de viver a gravidez em toda a sua totalidade e intensidade.

Além disso, foram trabalhados diversos temas relacionados à gestação. Criando espaços de reflexão sobre o papel das famílias na proteção das crianças e no processo de desenvolvimento infantil. Incentivando o parto humanizado como ato fisiológico e natural. Incitando a valorização da vida, respeito ao nascimento e ao aleitamento materno e aliviando as ansiedades que, posteriormente, serão vivenciadas no puerpério, prevenindo assim, a depressão pós-parto.

A EXPOSIÇÃO

A exposição acontecerá no meses de Outubro e Novembro de forma itinerante percorrendo diversos espaços públicos e comunitários no Município de Lajeado, incluindo as Unidades Básicas de Saúde dos respectivos bairros das gestantes. A exposição foi pensada e concebida pela graduanda em Serviço Social e estagiária do CRAS Espaço da Cidadania, Daiana Corbellini.

Locais e datas

Univates – Prédio 7 – De 09/10 a 25/10

UBS Jardim do Cedro – De 04/11 a 08/11

UBS Conservas – De 11/11 a 15/11

UBS Santo Antônio – De 18/11 a 22/11

- publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Escreva seu comentário!
Digite seu nome aqui