Dez estados já adotam o novo modelo de placa em veículos

Até 31 de janeiro de 2020, todos estados deverão utilizar o novo modelo de emplacamento

264
Já são mais de 4 milhões de veículos utilizando o novo formato de placa no Brasil

O Detran de Rondônia (RO) é o décimo estado brasileiro a aderir à da Placa de Identificação Veicular (PIV), o novo padrão de emplacamento dos veículos no Brasil. No total, mais de 4 milhões de veículos já estão circulando com a nova placa. De acordo com a Resolução N° 780, do Contran, até 31 de janeiro do ano que vem a nova placa deverá ter sido adotada em todo o país.

O formato já foi implantado no Rio de Janeiro desde setembro do ano passado. Também já aderiram os estados do Amazonas, Bahia, Espírito Santo, Paraná, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Piauí e Paraíba.

Como a nova placa não possui mais o nome da cidade e o estado visíveis, algumas cidades decidiram criar adesivos, que são colados para identificar os veículos daquele município. A prática é utilizada em municípios de menor porte como medida de segurança, já que um veículo com “placa de fora” circulando chamava a atenção e colocava a população em alerta.

Apesar desta medida, a Serpro sustenta que a segurança da PIV é garantida pelo QR Code emitido pela empresa. A tecnologia permite a rastreabilidade do processo de estampagem, o que dificulta a falsificação do novo padrão de emplacamento dos veículos no Brasil.

De acordo com o Conselho Nacional de Trânsito (Contran), a partir de 31 de janeiro de 2020, o modelo de placa será exigido para todos os novos veículos. No caso dos veículos em circulação, a exigência ocorre nos casos de substituição em decorrência mudança de categoria do veículo, furto, extravio, roubo ou dano da placa, ou quando houver mudança de município.

Assinatura exclusiva

O QR Code funciona como uma “impressão digital eletrônica” da placa veicular, possuindo uma assinatura exclusiva emitida pelo Serpro. Um aplicativo da empresa, o Vio, permite que smartphones façam a leitura do código e acessem um número serial, que é uma espécie de CPF da placa. “Com ele, qualquer cidadão pode consultar, no Portal de Serviços do Denatran, dados como a identificação do fabricante e do estampador, além de informações atuais do veículo. É um conjunto de informações que garante a autenticidade de cada emplacamento”, explica Diego Migliavacca, gerente do Departamento de Negócios – Soluções de Trânsito do Serpro.

Para utilização exclusiva dos agentes de trânsito, o Serpro oferece o Aplicativo Fiscalização, que possui o Vio integrado e permite o acesso a um número ainda maior de informações. Empresas interessadas em se tornarem um fabricante ou estampador credenciados podem conferir o procedimento aqui.

DEIXE UMA RESPOSTA

Escreva seu comentário!
Digite seu nome aqui