Destaques esportivos femininos serão homenageados em Estrela

37

A Secretaria Municipal de Esportes e Lazer (Smel) realiza, nesta quinta-feira (05/12), a sua principal premiação anual. Campeãs ou não, com atuação em Estrela, outro município, região ou Estado. Mas acima de tudo, “destaques”, e este ano, femininos. Marcada para a Câmara de Vereadores de Estrela, a partir das 19h, a entrega do 7º Troféu Destaques Esportivos tem, na temporada 2019, como foco mulheres atletas, amadoras e profissionais do município, que são exemplos e referências em suas modalidades por motivos diversos.

O evento, que faz parte da programação oficial do Natal em Estrela – Festa de Paz e Luz, é realizada desde 2013 e a cada ano tem uma temática diferente em sua premiação. Já foram condecoradas equipes destaques; professores e técnicos do ramo; pessoas que se doam ao esporte como também crianças e jovens. Na temporada 2017, por sua vez, foram as pessoas de mais idade, acima dos 80 anos, que de uma forma ou outra seguiam ligadas ao esporte no município, em atividades como as desenvolvidas no projeto Vida Saudável, um dos programas da Smel. Na última edição o prêmio teve como tema a “superação”.

A escolha dos laureados é feita pela equipe da Smel, promotora do prêmio, e atende a uma série de requisitos e regras. Em sua sétima edição, serão 11 as premiadas. São mulheres dos 16 aos 66 anos, destaques em dez diferentes modalidades, da canoagem às trilhas ecológicas. São elas: Alkine Rissi (triatlo); Ana Luísa Roolaart (corrida de rua); Jéssica de Souza Junqueira (patinação artística); Jéssica Tatiane Stroher (canoagem); Júlia Weber (futsal); Karine Bagatini Diedrich (padel); Letícia Fiegenbaum (vôlei); Luana Schneider (trilhas e montanhas); Ronilda de Ávila (corrida de rua); Sabrina de Brito (futebol); Sara Scherer (ciclismo).

Sara Scherer (50) será uma das homenageadas. O primeiro contato com as bicicletas foi na infância, mas nada que passou de algumas brincadeiras de cotidiano. No entanto, foram anos de separação dos pedais. Um novo contato veio só em 2017, por insistência do filho, que queria a ver praticando algum esporte. Aceitou e um ano depois já recebia suas primeiras medalhas, troféus. Hoje não se vê longe da parceira de pedaladas. “Estou muito feliz. Não esperava por essa homenagem. Será motivo de eterna gratidão e orgulho. Que sirva de incentivo para todos os praticantes de esporte e para aqueles que desejam iniciar, principalmente no ciclismo”, diz ela, ansiosa pela noite de amanhã. Mais informações na Smel pelo telefone 3981-1067.

- publicidade -