Museu Bruno Born, em Lajeado, atrai mais de 1,6 mil visitantes em 2019

370
Crédito da foto: Petra Darde / Divulgação

Um espaço para viver a história do município de Lajeado, o Museu Bruno Born, abrigado na Casa de Cultura, recebe visitantes de todo o Brasil e de diversos países. Conforme o livro de registro e de visitação guiada, cerca de 1,6 mil pessoas visitaram o museu em 2019 e prestigiaram as mais de mil peças expostas no local.

De acordo com a professora e monitora do museu, Marguit Wojahn, o número de visitantes é ainda maior porque muitas pessoas acabam não registrando a sua visita. Dentre os visitantes de 2019, estavam pessoas de cidades vizinhas, como Cruzeiro do Sul e Santa Clara do Sul, e mais distantes como Pelotas e Porto Alegre. Também oriundos de outros estados do Brasil como São Paulo e Paraná e de países como Alemanha, Colômbia e Itália.

Fundado em 1981, o Museu Bruno Born foi registrado no Sistema Brasileiro de Museus em 2008. Inicialmente, estava instalado na atual sede da Secretaria do Meio Ambiente (Sema, na Rua Liberato Salzano Vieira da Cunha) e hoje encontra-se espalhado por três salas da Casa de Cultura, que foi tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico do Estado (IPHAE) em 1984.

O acervo do museu é formado por doações feitas pela comunidade. Objetos de arte, materiais bélicos, móveis antigos, equipamentos médicos e odontológicos, materiais de escritório, utensílios domésticos, vestimentas, fotos, quadros, artigos de jornais, máquinas de escrever e fotográficas e diversos materiais compõem o acervo. Estes bens representam os hábitos e costumes de negros, índios, portugueses, alemães, italianos e outros países que fazem parte da história de Lajeado.

Para Marguit, o museu também é espaço para atividades educacionais, pois contém elementos interdisciplinares que possibilitam aos visitantes estabelecer relações entre as gerações. Ainda, a Casa de Cultura oferece visitação guiada, que deve ser previamente agendada por telefone, voltada para escolas e pessoas da comunidade em geral. Na visitação, Marguit aborda a história da Casa e do município e também acompanha o grupo pelo Museu, explanando os objetos. A visitação guiada é gratuita e leva cerca de 45 minutos.

“Os visitantes ficam extasiados com tudo que temos aqui. Muitas pessoas se identificam com alguns objetos que remetem à infância delas”, contou Marguit. 

Quem foi Bruno Born

Bruno Born foi prefeito de Lajeado entre 1951 e 1954 e ente 1959 e 1963. Era um empresário comercial e industrial que apoiava grandes causas da comunidade, destacando-se na área da saúde e da educação. O museu do município, assim como o hospital, levam seu nome como uma homenagem.

Museu Bruno Born

Horário de funcionamento: de segunda a quinta-feira, das 8h às 11h30 e das 13h30 às 16h45, e nas sextas-feiras, das 8h às 14h

Endereço: Rua Borges de Medeiros, 285 – Centro

Telefone para agendamento de visitas: (51) 3982-1081

Entrada gratuita

- publicidade -