Obra de Kobra na Univates recebe estudantes na volta às aulas

Mural foi pintado na fachada do Prédio 1

622
Crédito da foto: Júlia Amaral / Divulgação

O primeiro prédio da Universidade do Vale do Taquari – Univates em Lajeado recebeu a obra do artista Eduardo Kobra, um dos mais reconhecidos muralistas da atualidade. A fachada do Prédio 1 exibe a ilustração de três importantes personalidades da educação: Clarice Lispector, Darcy Ribeiro e Paulo Freire. A Instituição escolheu o muralista pela por sua trajetória e pelo significado de sua arte.

As personalidades escolhidas traduzem a importância da educação. “Foi uma escolha difícil, mas acreditamos que os nomes escolhidos contribuíram de maneira ímpar para a educação e para o reconhecimento da cultura e da arte brasileira. São figuras historicamente inesquecíveis e que retratam a importância da educação para nossa sociedade”, analisa o reitor da Univates, Ney José Lazzari.

De acordo com Kobra, as personalidades retratadas em suas obras têm relação com a história onde o mural está inserido. “Esse é um espaço bem promissor para ter arte, ou qualquer tipo de intervenção. Street art dialoga com jovens, que muitas vezes têm acesso à arte de rua. Eu acredito que o painel tem a função, por meio do meu trabalho, de passar uma mensagem. É até uma forma de conhecimento, de inspirar os alunos a conhecer um pouco mais da história dos retratados no painel”, explica.

Para o artista, “é um privilégio poder ocupar um espaço tão relevante de Lajeado, que também tem acesso ao público. Ou seja, é um painel que está dentro da Universidade, mas quem passa na rua tem total acesso. Isso também deu um sentido ainda maior para produzir a obra”. Com 14 metros de altura e 26 metros de comprimento, o mural pode ser visto por quem passa pela rua Avelino Talini. Esta é a terceira obra de Kobra no Rio Grande do Sul. 

Sobre o artista

Da periferia de São Paulo para o mundo. Nascido em 1975 no Jardim Martinica, bairro pobre da zona sul paulistana, o artista Eduardo Kobra tornou-se um dos mais reconhecidos muralistas da atualidade, com obras em cinco continentes. Por duas vezes, o artista conquistou o recorde de autor do maior mural do mundo. 

Autodidata, Kobra admite que aprendeu e desenvolveu sua arte ao observar a obra de artistas que admira – do misterioso expoente da street art Banksy, britânico cuja identidade jamais foi revelada, a nomes como o norte-americano Eric Grohe (1944-), o também norte-americano Keith Haring (1958-1990) e o mexicano Diego Rivera (1886-1957).

Edital escolhe o manifesto da obra

A Univates lançou edital voltado à comunidade acadêmica para produção do manifesto da obra executada no Prédio 1. Cada aluno matriculado em curso técnico, de graduação ou pós-graduação pode submeter um texto que disserte sobre a relevância das obras de Clarice Lispector, Darcy Ribeiro e Paulo Freire para a educação e a cultura brasileira.

As inscrições e o envio dos textos devem ser feitos exclusivamente por meio do Sistema de Inscrições, disponível no site, até 15 de fevereiro. O resultado do concurso será publicado no dia 10 de março, na página univates.br/institucional/editais. O autor da proposta vencedora será contemplado com premiação de uma disciplina de 80 horas do seu respectivo curso e o texto será lido na data da reinauguração do Prédio 1, em março de 2020.

Oficina de parquets

A construção do Prédio 1 iniciou no ano de 1972, tendo o local começado a receber alunos em 1973. Pensando em marcar essa passagem histórica– tanto das alterações estruturais quanto da presença do ensino superior no Vale do Taquari há 50 anos –, foi escolhido como objeto principal peças do parquet utilizado no piso do Prédio 1. Com o desejo de atribuir relevância conceitual aos parquets, a Univates criou o projeto “Rastros de história”, que consiste na promoção de oficinas infantis para pintura e intervenção nesses materiais. A inspiração artística para a pintura dos materiais se deu a partir da vinda do artista Eduardo Kobra, que deixará seu trabalho eternizado em arte na fachada do Prédio 1. 

A oficina com os parquets é direcionada a filhos de funcionários ou de alunos, para crianças de 6 a 12 anos. Ela ocorre no dia 16 de março, das 13h30min às 16h, e no dia 17 de março das 9h às 11h30min. Serão momentos de conexão entre o passado e o futuro para marcar a história da Universidade. A ação ocorre embaixo da árvore localizada ao lado do Pipa Jhou e haverá um ponto de encontro, a sala 111 do Prédio 1, onde os pais devem deixar as crianças.

A atividade será composta de teoria e prática, abordando temas como grafite e muralismo, sendo utilizada nos parquets a técnica aplicada pelo artista Kobra – feita por ele em grandes proporções. Também será apresentado o processo criativo do artista, por meio de filmagens vídeos e fotografias. As crianças devem estar com roupas leves, confortáveis e simples. As inscrições devem ser realizadas no período de 26/02 a 12/03 clicando aqui. São oferecidas 30 vagas em cada turma.

- publicidade -