Mais casas populares devem ser entregues no primeiro semestre em Estrela

Das 126 casas do Loteamento Nova Morada III, pelo menos 28 podem ser entregues nos próximos meses

178
Casas do Nova Morada III são maiores que dos núcleos I e II, também por isso acessíveis a pessoas de maior renda / Crédito: André da Silva / divulgação

Uma grande notícia voltou a agitar o Setor da Habitação da Prefeitura de Estrela. Das 126 casas programadas para o novo Loteamento Nova Morada III, também no Distrito de Novo Paraíso, pelo menos 28 devem ser entregues ainda no primeiro semestre deste ano. Esta é a expectativa dos setores envolvidos no projeto financiado pelo Programa Minha Casa Minha Vida que busca dar acesso à casa própria para famílias de baixa e média renda.

Na manhã desta quinta-feira (1/02), uma reunião na Secretaria Municipal do Desenvolvimento Social, Trabalho e Habitação (Sedesth) com representantes da Tercon – Terraplenagem e Construções Ltda., empresa responsável pelas construções, fomentou a nova previsão. Segundo os construtores, das 126 casas programadas para este novo lote de casas populares, 40 estão praticamente prontas, e destas aos menos 28 poderão ser entregues ainda no primeiro semestre, dependendo do andamento de papeis e outros protocolos. A reunião visou também acertar detalhes burocráticos necessários ao andamento do processo.

As famílias beneficiadas serão aquelas já homologadas pelo Conselho Municipal de Habitação de Estrela (CMHE); então repassadas à Caixa Econômica Federal (CEF) e pelo banco autorizadas a serem candidatas. A grande novidade é que a nova etapa poderá contemplar famílias com até duas faixas salariais. Agora nas chamadas faixas 1.5 e 2, com renda média entre três e quatro salários mínimos. “Isso abriu um leque de opções, pois mais pessoas puderam se candidatar, sendo que agora se enquadram na renda permitida, que é mais ampla”, explica Daiana Avila, presidente do CMHE. “Oportunidades estão sendo criadas no setor de habitação em Estrela e muitos têm se beneficiado disto já há alguns anos. Esperamos a parte burocrática restrita ao programa, como contratos e outros, que não pertencem a nós, e sim à CEF e outros, tramita o mais rápido possível para que o sonho destas primeiras 28 famílias se concretize o quanto antes, e serão apenas as primeiras nesta nova etapa do nosso programa habitacional”, frisa ela.

O Conselho tem realizado constantes visitas técnicas ao Loteamento Nova Morada III, no Distrito de Novo Paraíso. Titular da Sedesth, José Itamar Alves lembra que desde 2013 o Governo de Estrela vem realizando um trabalho importante na área da habitação. Já entregou 250 casas nos Loteamentos Nova Morada I e II, antes para pessoas na faixa de renda 1 (na época até R$ 1,8 mil de rendimentos mensais); e agora no novo empreendimento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Escreva seu comentário!
Digite seu nome aqui