Núcleo Empreendedor centralizará atendimento às empresas em Estrela

Serviços, entre eles da Junta Comercial, também serão oferecidos no Centro de Atendimento da Secretaria da Fazenda

230
Lagemann (e) e Engster (c) visitaram Flávio Koch (d): convênio firmado / Crédito: divulgação

O Centro de Atendimento da Secretaria da Fazenda já virou referência no atendimento ao cidadão em setores como Arrecadação, IPTU, Cadastro Imobiliário e outros. Agora, o espaço ganha reforços em nova área: a empresarial. Localizado na Rua 13 de Maio, nº 360, o Centro também passará a contar com o Núcleo Empreendedor, que centralizará serviços da Junta Comercial, da Sala de Apoio às Microempresas e da Fiscalização. Trata-se de mais uma conquista do programa “Fazenda Digital”, que busca digitalizar e agilizar os processos burocráticos envolvidos.

Um dos comemorados reforços ao Núcleo Empreendedor se deu com a cedência, por parte da Prefeitura e da Secretaria da Fazenda, do espaço para a Junta Comercial. Pouco mais de uma semana depois de o Secretário Henrique Lagemann visitar o presidente da Junta Comercial, Industrial e Serviços do Rio Grande do Sul, Flávio Koch, e selar o acordo para tanto, os atendimentos já foram retomados no novo espaço.

Lagemann, que estava acompanhado do coordenador da Secretaria do Planejamento e Desenvolvimento Econômico (Seplade), Guilherme Engster, em Porto Alegre, ressalta a importância da conquista. “O munícipe estrelense seguirá contando com este serviço aqui, sem a necessidade de deslocamentos para sua realização”, diz. “Estes processos já estão mais otimizados e em breve poderão ser feitos de forma digital quase que em sua totalidade. Estamos em uma fase de adaptação que caminha para isso. Mas de momento a conquista já se dá com a permanência do serviço na cidade, sendo que o cidadão seguirá contando com a assistência de uma profissional, com grande experiência na área, que é o caso da servidora Ieda Drebes Kuhn”, explica Lagemann. Na manhã desta quarta-feira, Ieda Kunh já atendia no novo espaço.

Microempresas

Quando fala em centralização, Lagemann faz referência aos serviços interligados que já eram oferecidos no Centro de Atendimento da Secretaria da Fazenda, e aos que o mesmo passa a contar a partir de agora. Com a presença da Junta Comercial na área, a Administração Municipal aproveitou a oportunidade para realocar outro serviço ao ramo empresarial: a Sala de Apoio às Microempresas, que até então funcionava em sala anexa ao prédio principal da Prefeitura. Esta igualmente já atende no Centro, assim como a Fiscalização, formando o Núcleo Empreendedor. “É nosso desejo otimizar cada vez mais a vida dos cidadãos. Isso já se dá à medida que estamos digitalizando ao máximo os processos, sendo que muito em breve nem será mais necessário que o interessado saia de casa. E novidades neste sentido ainda surgirão. Mas ainda assim, oferecemos atendimento pessoal, de orientação, e tudo em um único só lugar”, completa o secretário. Mas informações pelo telefone 3981-1219.

- publicidade -