Quase 500 pessoas participam de 1º Congresso Internacional de Educação em Teutônia

374
Crédito: Júlia Caroline Geib

O Colégio Teutônia (CT) organizou o 1º Congresso Internacional de Educação nesta quinta e sexta-feira (13 e 14/02). Foram 498 inscritos no evento, que veio com a proposta de fomentar a formação dos profissionais da educação da região, seja da rede municipal, estadual e particular, ou demais interessados. O tema da edição foi “Humanizar: saber com sabor”. Ao todo, foram seis palestras e 19 opções de cartografia.

Evento semelhante a esse é organizado internamente pelo Colégio todo o ano. Desta vez, pensou-se em abrir a oportunidade para os demais, “porque indiferente da escola, o bem é para nossos estudantes”, explica a coordenadora geral do CT, Andrea Wallauer, que esteve a frente do congresso. Assim, ele deve acontecer de dois em dois anos.

Conforme Andrea, no evento, chegou-se a conclusão de que não se faz mais educação sem olhar para o lado humano e ver o que o estudante está precisando, considerando as diferenças de cada um. “Existem aulas maravilhosas, prontas, disponíveis na internet. O que nos diferencia como professores, docentes, é acreditar no nosso estudante. Salientando que a diversidade está na sala de aula, então precisamos olhar as diferenças que encontramos lá”, explica. Também foi uma oportunidade para avaliar a atuação dos docentes (professores), tornando-os protagonistas do seu fazer em sala de aula. “A teoria é parte do processo. O que nos legitima é nossa prática”, finaliza. Segundo ela, quando o professor está bem consigo, possui autoconhecimento e autoestima, ele consegue passar isso ao estudante.

Confirma mais informações sobre o evento na edição deste sábado (15/02) da Folha Popular.

DEIXE UMA RESPOSTA

Escreva seu comentário!
Digite seu nome aqui