Municípios atingidos pela enchente pedem auxílio com horas/máquina ao Estado

Ajuda é necessária para recuperar estradas e trechos da barranca do Rio Taquari

291


Em videoconferência realizada na quinta-feira (30/07) à noite, prefeitos das 11 cidades atingidas pelas enchentes, entre os dias 8 e 12 de julho, 
pediram ao Governo do Estado auxílio com horas/máquina para recuperação de pontos destruídos com a cheia. A reunião virtual foi conduzida pelo 
presidente da Assembleia Legislativa, Ernani Polo, e pelo presidente da Associação dos Municípios do Vale do Taquari (Amvat) e prefeito de 
Imigrante, Celso Kaplan. Também participou da reunião o secretário de Governança e Gestão Administrativa, Claudio Gastal.

Durante a videoconferência, o prefeito de Lajeado, Marcelo Caumo, relatou sobre os prejuízos em infraestrutura no município. “Tivemos diversos pontos da barranca do Rio Taquari que foram destruídos com a força da água”, observou. O prefeito de Bom Retiro do Sul, Edmilson Busatto, também destacou a necessidade de recuperar estradas. “Todos os anos temos enchente, mas nunca foi assim. Esta deixou muita sujeira, muita destruição. Seria importante um auxílio em horas/máquina do Estado, só com a estrutura do município fica difícil recuperarmos tudo o que é necessário”, salientou Busatto.

Nesta sexta-feira, a Amvat deve enviar um ofício à Assembleia Legislativa com dados de quais as necessidades de cada uma das 11 cidades afetadas pela cheia, além de Santa Tereza, que pertence à região da Serra. “Estamos fazendo um pedido regional de ajuda para nossos municípios”, enfatizou Kaplan.

O secretário de Governança e Gestão Administrativa, ao final da reunião, afirmou que vai “verificar onde temos recursos para horas/máquina e onde temos possibilidade de recursos para auxiliar nessa questão”, informou Gastal.

- publicidade -