Noites de reencontro marcam sessões de cinema ao ar livre no Colégio Teutônia

Cine Drive-In reuniu famílias em seus carros para momentos especiais e diferenciados de convívio

492
Cerca de 800 pessoas participaram da programação especial no gramado da pista atlética. Comunidade escolar ainda contribuiu com donativos, que serão organizados em kits e doados a instituições assistenciais de Teutônia / Crédito da foto: Edmundo Carvalho Pott / Divulgação

Privação da presença física não significa estarmos emocionalmente distantes. Em tempos de pandemia, é preciso reinventar, fazer diferente e “fazer acontecer”. Pensando nisso, o Colégio Teutônia preparou momentos especiais para estudantes e familiares, professores e funcionários. Nas noites de 25, 26 e 27 de agosto ocorreram as primeiras edições do Cine Drive-In CT, cercadas de expectativa, lágrimas, flores, aplausos e abanos pelas janelas dos automóveis, noites de reencontro que trouxeram o que há de mais genuíno, colorido e recíproco na relação família e escola.

As noites de temperaturas amenas, céu limpo e estrelado reuniram cerca de 800 pessoas no gramado da pista atlética do colégio, que ainda contribuíram com donativos, os quais serão organizados em kits e doados a instituições assistenciais de Teutônia.

A primeira noite foi reservada para estudantes e famílias do 8º e 9º ano do Ensino Fundamental, Ensino Médio e cursos técnicos. Na telona, “Arranha-céu: coragem sem limite”.

Na quarta-feira, sessão de cinema com o filme “Entrando numa fria maior ainda com a família”, reservada aos estudantes e famílias do 4º ao 7º ano do Ensino Fundamental, funcionários e professores.

Na última noite de cinema ao ar livre, o filme “Pets: a vida secreta dos bichos” reuniu estudantes e famílias da Educação Infantil, 1º, 2º e 3º ano do Ensino Fundamental.

Mantendo conexões

Na família Ruhrwiem, um mix de alegria e expectativa tomou conta da Manuela (3º ano B) e Rafaela (Infantil IV A). “Só a notícia da possibilidade de ir para o colégio já foi uma mobilização durante toda a semana, contando os dias. As duas ficaram muito faceiras em poder rever os professores, mesmo que ainda à distância, mas saindo da interação por tela como tem sido ultimamente”, destacam os pais Augusto Henrique Ruhrwiem e Simone Isabel Blume.

Para eles, o maior aprendizado é de que toda a tecnologia não substitui o estar próximo às pessoas. “Precisamos dar valor a essas pequenas coisas que antes passavam despercebidas na rotina do dia a dia”, definem, agradecendo ao CT por estar buscando alternativas para manter essa conexão. “Tudo muito bem organizado e tomando todas as precauções que o momento exige”, conclui Augusto.

Mágico

“Foi uma experiência maravilhosa para nossas filhas. Depois de cinco meses afastadas de qualquer atividade cultural e do colégio que frequentam desde os dois anos, a sensação de voltar para o CT, mesmo que de maneira diferente, e rever de longe os amigos, foi mágico.” As palavras são de André e Mariana Traichel, pais da Erika (Infantil V B) e Valkiria (4º ano B).

A família valoriza o carinho das professoras na chegada, a organização dos veículos e todo o protocolo de saúde seguido. “Demonstram a responsabilidade do colégio neste evento e a preparação que o CT tem feito para que a Valkiria e a Erika possam retornar com segurança às atividades escolares. Como família integrante da comunidade escolar, estamos muito agradecidos, agora na espera de voltar à rotina de frequentar o colégio, certos que tudo ficará bem”, finaliza André.

- publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Escreva seu comentário!
Digite seu nome aqui