Garibaldi realiza posse dos eleitos

- Publicidade -

O município de Garibaldi teve sua sessão solene de posse realizada na manhã desta sexta-feira (1/01). No Executivo foram empossados o prefeito Alex Carniel (PP) e o vice Sérgio Chesini (PP), que venceram a eleição com 10.681 votos (53,68%). Após a posse, no gabinete do prefeito, ocorreu a transferência de cargo entre Antonio Cettollin e Carniel. O novo prefeito empossou os novos secretários.

O prefeito Alex Carniel agradeceu aos votos recebidos, motivo de orgulho e responsabilidade. Reforçou ainda a esperança, que foi determinante para dar os primeiros passos. “A esperança leva a conquistas. Muitas vezes ela é motivada pelo medo, por perdas anteriores e até por fracassos, mas nada fortalece mais a esperança do que a vontade de mudar”, avalia.

Relembrou a origem do município e a contribuição de diversas etnias nesta construções. “Cada um compartilhou conhecimento e contribuiu para esta nossa identidade”, afirma. Destacou que ser prefeito significa cuidar das pessoas da cidade. “Isso significazelar pela ordem e pela gestão financeira, focar na eficiência e na produtividade, manter o que de bom tem funcionado. E, olhando para o futuro, implementar mudanças que coloquem Garibaldi em sintonia com o novo momento, a realidade de um povo que merece mais”, reforça

Afirma que avançar é preciso, e foi esse sentimento que a população expressou ao elegê-lo. “Em respeito a esta maioria e aos que votaram na outra proposta, honraremos nosso compromisso”, destaca. Disse que se trabalhará buscando harmonia entre poderes e sociedade. “Buscarei manter um diálogo aberto e construtivo”, considera.

O prefeito afirmou que não faltará trabalho para garantir dignidade, trabalho, qualificação, qualidade de vida e melhores perspectivas de crescimento. Lembrou os impactos da pandemia em 2020, que ainda requer atenção. “Viramos o ano com esperança da vacina, mas os reflexos ainda serão sentidos por um longo tempo, principalmente nas contas públicas. Nossa administração concentrará grande esforço nessa retomada”, afirma. Segundo ele, se fará mais com menos, com projetos para buscar recursos federais e estaduais, estando abertos a parcerias com o setor privado e entidades. Salientou a necessidade de buscar novos empreendimentos e cuidar dos que já geram empregos e renda.

Foram empossados também os nove vereadores eleitos. Entre eles, o mais votado foi Deonísio Cereja (PP), que teve 1.030 votos. Na oportunidade, foi realizada a eleição da Mesa Diretora. A votação contou com duas chapas. A Chapa 1 composta pela presidente Márcia Pedersetti (PP), vice José Bortolini (PDT), primeiro secretário Cássio Fachi (PP) e segundo secretário Cínti Chesini (PP). A chapa 2 teve como presidente Priscila Dalpubel (MDB), vice Arnaldo Seganfredo (MDB), primeira secretária Luana Meneghetti (MDB) e segundo secretário Laudi Palharini (MDB). A chapa 1 venceu por 5 votos a 4.

A presidente da Câmara, Márcia Pedersetti, destacou que é momento de alegria e responsabilidade assumir a presidência. Destacou que pretende trabalhar junto com os colegas e Executivo em prol da comunidade. “Para sempre fazer o melhor, com compromisso de atender as demandas para contribuir com o presente e futuro de Garibaldi”, declara. Ela afirmou ainda que acredita na política como instrumento de transformação social. “A verdadeira mudança começa na nossa cidade. Temos condições de ser referência em políticas sociais, na criação de oportunidades e combate de desigualdades”, afirma. Reforçou que é preciso exercer a política com ética, responsabilidade e transparência.

Vereadores eleitos e empossados:

Deonísio Cereja – PP
Priscila Maria Dalpubel Chagas – MDB
Laudi Palharini (Nico) – MDB
Luana Meneghetti – MDB
Márcia Maria Pedersetti – PP
Arnaldo José Seganfredo – MDB
Cíntia Chesini – PP
Cassio Fachi – PP
José Bortolini – PDT

- Publicidade -

MAIS

- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -