Vale do Taquari pode flexibilizar para bandeira vermelha

- Publicidade -

Classificado pela primeira vez em bandeira preta no Distanciamento Controlado, o Vale do Taquari pode flexibilizar a situação para bandeira vermelha na semana de 23 de fevereiro a 1º de março. Isto porque a cogestão foi mantida no modelo estadual.

As atividades comerciais, industriais, de serviços e outras podem operar conforme os protocolos da bandeira vermelha. A cogestão não é válida para a educação.

A regra a ser observada por todos é quanto ao horário. Todos os 497 municípios gaúchos deverão seguir e fiscalizar a suspensão geral de atividades entre 20h e 5h, todos os dias, até o dia 2 de março.

O horário de início da suspensão das atividades foi antecipado das 22h para as 20h e passa a valer a partir desta terça-feira (23/2).

A suspensão inclui estabelecimentos de atendimento ao público, reuniões, eventos, aglomerações e circulação de pessoas tanto em áreas internas quanto externas, em ambientes públicos ou privados. A restrição também abrange supermercados.

As exceções são: farmácias, hospitais e clínicas médicas, serviços funerários, serviços agropecuários, veterinários e de cuidados com animais em cativeiro, assistência social e atendimento à população vulnerável, hotéis e similares, postos de combustíveis e estabelecimentos dedicados à alimentação e hospedagem de transportadores de cargas e de passageiros, estabelecimentos que funcionem em modalidade exclusiva de tele-entrega e Centrais de Abastecimento do Rio Grande do Sul (Ceasa).

A suspensão geral não atinge atividades industriais noturnas.

- Publicidade -

MAIS

- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Escreva seu comentário!
Digite seu nome aqui