Varal Solidário reabre suas portas em Estrela

Cerca de sete mil unidades de roupas, cobertas e outras peças podem ser encontradas para doação no serviço que volta a aceitar visitas

264
Varal funciona no prédio da antiga Polar, próximo à Escadaria de Estrela / Crédito da foto: Rodrigo Angeli / Prefeitura de Estrela

Calças, blusas, cintos e calçados. Também cobertas e outros acessórios. Um dos locais onde mais fica visível a força da solidariedade do povo estrelense reabre suas portas.

O Varal Solidário de Estrela, uma iniciativa da Secretaria Especial de Cultura, Esporte e Lazer (Secel) está mais uma vez atendendo ao público, seguindo os protocolos de segurança exigidos pela pandemia, justamente o motivo que levou o espaço a ficar com as portas fechadas por alguns meses, apesar de em momento algum ter interrompido suas ações. Ao todo, cerca de sete mil peças estão à disposição de quem mais precisa.

O atendimento, permitido a uma pessoa por vez, para respeitar o distanciamento social, é realizado nas terças e sextas-feiras, das 8h30min às 11h30min; e das 13h30min às 16h, mas diante de agendamento prévio na Secel.

Em função da pandemia, o Varal Solidário estava fechado desde a metade do ano passado, apesar de em várias oportunidades ter realizado tanto a coleta como a entrega de peças em ações pontuais, direto em bairros e localidades da cidade, em ocasiões como após a enchente do ano passado.

“Alguns dias com temperaturas mais amenas nas últimas semanas, e com a aproximação da época mais fria do ano, sabemos que cresce a necessidade de muitas famílias terem uma proteção mais adequada para o outono e o inverno, apesar de entre as milhares de peças ter muitas também para os dias mais quentes”, diz a secretária Carine Schwingel.

“São mais de sete mil peças que precisam ser usadas, de preferência por pessoas que também façam bom uso delas.”

O local segue funcionando no prédio da antiga Polar, em frente à Escadaria de Estrela. O nome é que foi rebatizado para ‘Varal’ pois a proposta é deixar o termo ‘Brechó Solidário’ para quando é realizado a oferta de móveis e eletrodomésticos, também fruto da doação solidária da comunidade, e cujo projeto existe desde 2013.

“E o nome ‘varal’ também porque as peças estão todas lá, em sua grande maioria, penduradas em cabides, organizadas, bonitas, tudo para facilitar a visualização e localização”, explica a secretária. “E para evitar que de alguma forma alguém possa se sentir inferiorizado por estar recebendo a doação de uma possível roupa velha. Não é isso! As peças estragadas ou em condições ruins são descartadas; e as que estão ali são boas, foram selecionadas e só estão disponíveis porque seus ex-donos quiseram dar melhor proveito a elas e ajudar ao próximo”, completa Carine Schwingel.

Agendamentos, entidades ou associações interessadas em colaborar podem também entrar em contato pelo telefone 3981-1122 ou na sede da Secel, na Rua Marechal Floriano, 433.

- publicidade -

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here