69 mil doses da vacina Pfizer/Biontech chegaram ao Rio Grande do Sul

- Publicidade -spot_imgspot_img

Pouco depois das 19h30 desta segunda-feira (10/5), pousou em Porto Alegre o avião trazendo a segunda remessa de vacinas da Pfizer/Biontech.

São 69.030 doses, das quais 35.837 serão distribuídas aos postos de saúde da capital para aplicação imediata, e as 33.193 restantes serão mantidas em superfreezers emprestados pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e pela Pontifícia Universidade Católica (PUCRS) até a próxima distribuição.

O novo lote da Pfizer será empregado para avançar a imunização do grupo das comorbidades. Neste primeiro momento, os imunizantes serão utilizados apenas em Porto Alegre, assim como a primeira remessa de vacinas deste laboratório que chegou ao Estado na última semana.

As vacinas ficam na capital por questões de logística e armazenamento porque precisam ser conservadas congeladas em superfreezers que alcançam a temperatura de -80ºC.

No próximo mês, devem chegar lotes da Pfizer para distribuição ao interior do Estado. A Secretaria da Saúde (SES) e outros órgãos do governo do Estado realizam tratativas com universidades para o auxílio no armazenamento em superfreezers.

Com esse novo lote, o Rio Grande do Sul soma 5 milhões de doses recebidas e 3,4 milhões de doses aplicadas. Cerca de 1 milhão de pessoas já concluíram o esquema vacinal com as duas doses de alguma das três fabricantes que estão sendo aplicadas no Estado (Coronavac, Astrazeneca e Pfizer).

- Publicidade -

MAIS

- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -