Educação de Estrela foca na diminuição da lista de espera

Setor conseguiu contemplar mais de 550 novas matrículas remanescentes ainda de lista de 2020 e zerar a de 2021 até o primeiro semestre na Educação Infantil, sendo que procura não para de aumentar

- Publicidade -spot_imgspot_img

O Governo de Estrela, através da Secretaria Municipal de Educação (Smed), tem aproveitado os primeiros dias do ano e de recesso escolar para realizar novos ajustes a fim de deixar menor possível o tempo de espera por uma vaga na rede municipal de ensino, que ao longo de 2022 já poderá atender a mais de 4 mil alunos. Maior foco tem sido dado à Educação Infantil. A contratação de mais profissionais para a respectiva área, a criação de novas turmas e adequações de outras tem colaborado para o setor diminuir a lista de espera, o que deve ocorrer definitivamente ou mesmo criar saldo com a construção de uma nova escola no Bairro Boa União, em investimento superior a R$ 3,2 milhões e 180 novas vagas, resolvendo uma demanda local que hoje se torna municipal.

De acordo com os dados da Smed, o ano de 2021, o primeiro da atual gestão, foi muito positivo ao que se refere a criação de novas vagas e a diminuição da espera, mesmo com os obstáculos ocasionados pela Covid. Mais de 300 matrículas apenas na Educação Infantil foram realizadas, o que acabou com uma lista remanescente ainda de 2020. Não somente isso, o setor conseguiu zerar a lista até metade de 2021, sendo que procura não cessou mesmo com o ano letivo em andamento. No Ensino Fundamental foram mais de 250 novas matrículas.

Agora, com o recesso, mais adequações estão sendo realizadas. A secretária da Educação de Estrela, Elisângela Mendes, detalha o processo. “Este período de recesso aproveitamentos para fazer os reparos, as manutenções, limpeza mais forte das escolas, como a dedetização de todos os espaços, o que não há como ser feito com as crianças nas escolas”, explica. “Mas administrativamente, junto de nossa equipe técnica e pedagógica, também aproveitamos sempre este período para fazermos ajustes, trabalharmos nas escolas para a criação de novas vagas pois igualmente também é o momento de maior procura das famílias por matrículas. Foi assim que tivemos muitos avanços em 2021 e esperamos que não seja diferente agora.”

Nova escola

A construção de uma nova escola de Educação Infantil no Bairro Boa União será um reforço no processo, segundo a secretária Elisângela Mendes, pois atenderá a 180 crianças em turno integral em dez novas turmas, com maior foco no berçário. A mesma será erguida nas proximidades de outra escola do bairro, a Emef Ruth Markus Huber, destinada ao Ensino Fundamental mas que atualmente também atende à Educação Infantil, justamente em razão da demanda. “As crianças da Educação Infantil que hoje são atendidas na Emef Ruth Markus serão transferidas para a nova escola, e a Ruth ficará de forma exclusiva com o Ensino Fundamental, o que também ocasionará a abertura de novas vagas nesta área lá, evitando que alunos tenham que buscar o ensino em escolas de outros bairros e resolvendo outra demanda específica local”, justifica.

Sobre a nova escola, a secretária frisa o engajamento e a eficiência técnica e política que em tempo recorde garantiu a nova escola para Estrela. “Em novembro nossa equipe técnica já trabalhava para a elaboração e inscrição do projeto, e teve sucesso. A busca política empenhada pelo prefeito Elmar Schneider também foi intensa, e em menos de 45 dias o projeto foi aprovado, o valor foi garantido e já está disponível”, diz. “Esta será uma escola padrão do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (Fnde), com modelo e padrões formatados pela autarquia ligada ao Ministério da Educação”, explica. “Já está incluso o mobiliário. O processo licitatório para a construção está em fase de elaboração. Estima-se que a inauguração possa ocorrer até o fim do próximo ano.”

- Publicidade -

MAIS

- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Escreva seu comentário!
Digite seu nome aqui