Infraestrutura de Estrela apoia ação de revitalização em praça

Iniciativa faz parte da chamada Missão Calebe, que anualmente realiza ações semelhantes em oito países da América do Sul, e em Estrela contará com apoio de moradores, Igreja Adventista do Sétimo Dia e clube Desbravadores Estrelas do Vale

321
Proposta é envolver crianças em época de férias escolares na revitalização de espaços que possam ser melhores aproveitados por elas e suas famílias / Crédito da foto: Divulgação

Será realizada, neste domingo (16/1) pela manhã, a ação de revitalização da praça localizada no Bairro Pinheiros. A iniciativa é a etapa estrelense da chamada Missão Calebe, que anualmente, sempre no período de férias escolares – para também e principalmente envolver as crianças –, realiza ações com o mesmo propósito em oito países da América do Sul. O projeto da Igreja Adventista do Sétimo Dia contará em Estrela com a colaboração do clube Desbravadores Estrela do Vale e comunidade local em parceria com a prefeitura de Estrela através da Secretaria de Infraestrutura, que fornecerá materiais necessários, tintas e areia.

- publicidade -

A iniciativa está agendada para iniciar às 8h. Os trabalhos consistem em pintura dos brinquedos, limpeza da área, colocação de vasos e plantio de flores e cargas de brita e areia para a quadra esportiva, e caso não sejam finalizados até o fim da manhã ou precisem ser transferidos em razão do tempo, ocorrerão no domingo (23/1) seguinte. A expectativa é que entre 20 e 30 voluntários participem da iniciativa. Ação talvez seja multiplicada para outros espaços ao longo do ano. No ano passado a área do Belvedere foi a escolhida para ser revitalizada.

Ano passado a ação ocorreu no Belvedere / Crédito da foto: Divulgação

Para o secretário de Infraestrutura, Osmar Müller, uma iniciativa que merece sim ser apoiada. “As ações sociais e de voluntariado realizadas por clubes, igrejas, empresas e outras fontes são muito constantes em nosso município e merecem ser valorizadas. E elas são muito importantes, pois colaboram para com aquilo que às vezes o serviço público não dá conta da demanda, ou mesmo onde é falho, ou nem mesmo tem responsabilidade. Mas também por isso somos parceiros”, diz. “E por envolver pessoas da comunidade, crianças e demais usuários do espaço faz com que haja um posterior engajamento ainda maior da população para manter o local bonito, cuidado, e assim melhor aproveitado.”

- publicidade -