Colégio Teutônia recebe piano de cauda

- Publicidade -spot_imgspot_img

Desde terça-feira (28/6), o Colégio Teutônia conta com uma nova opção para as aulas de música. Nesse dia a escola recebeu um piano de cauda. Conforme o professor de música do CT, Lucas Eduardo Grave, este é um marco histórico no projeto de música da escola. “A realização concreta de um sonho”, opina.

Grave explica que o piano será utilizado por todo o projeto de música do CT: Conjunto Instrumental, coral infantil, coral juvenil e aulas de piano. “Além disso, o CT e o município de Teutônia se colocam no radar de diversos grupos musicais que necessitam de auditórios com presença de piano acústico para suas apresentações e concertos. Ou seja, a comunidade sai ganhando culturalmente com esta aquisição”, reforça.

O professor conta que desde 2014 o CT realiza eventos musicais com o propósito de arrecadar recursos para a compra de um piano. “As três turnês Europa, realizadas pelo Conjunto Instrumental, também foram importantes nesse sentido, com valores arrecadados em forma de coletas e doações durante as apresentações na Europa”, revela.

Atualmente, o professor de piano do CT é Vicente Breyer, e nove alunos fazem aulas. “Mas com o piano novo a procura já aumentou bastante”, comenta Grave.

Piano de cauda x teclado

Conforme o professor Lucas Grave, a diferença entre o piano e o teclado é que “o piano é um instrumento acústico que possui a característica de ter um timbre (som) único. O teclado, por sua vez, é um instrumento eletrônico, que além do timbre piano, pode executar sons de muitos outros instrumentos”.

- Publicidade -

MAIS

- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -