Usuários do CRAS e CREAS de Lajeado recebem Cartão de Segurança Alimentar e Nutricional

154
Crédito: Laura Mallmann / Divulgação

A Secretaria de Desenvolvimento Social (SMDS) de Lajeado iniciou nesta segunda-feira (26/9), a entrega do Cartão de Segurança Alimentar e Nutricional (SAN) para usuários do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) e Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas).

O cartão substituirá a entrega das cestas básicas, e os usuários poderão administrar a compra dos alimentos e de produtos de higiene com o cartão magnético em estabelecimentos cadastrados.

Os cerca de 400 usuários dos CRAS e Creas receberão R$ 180,00 mensais no cartão magnético, sendo abastecido mensalmente, de acordo com avaliação da equipe de acompanhamento.

Conforme a secretária do Desenvolvimento Social, Céci Maria Rodrigues Gerlach, é uma medida inovadora que entrega dignidade às famílias em situação de vulnerabilidade social, possibilitando que as mesmas escolham os alimentos adequados para sua família. “Todos os municípios trabalham com o benefício da alimentação, e na sua maioria é pela entrega de cestas básicas, com alimentos já selecionados. Nem todo mundo necessita aqueles alimentos que são oferecidos. Por isso, o Cartão SAN chega para devolver a dignidade dos usuários fazendo com que possam escolher os alimentos necessários para sua casa”, ressalta.

O prefeito Marcelo Caumo destaca que os usuários poderão ter mais independência nas escolhas da sua alimentação. “O valor fornecido antes era de cerca de R$ 109 pela cesta básica. Agora, os usuários poderão usufruir de R$ 180 e movimentar o comércio local, utilizando o dinheiro em mercados de Lajeado e em estabelecimentos do seu bairro. Além de utilizar o valor, os usuários também aprenderão a administrar o valor dentro do mês”, afirma.

Cartão SAN
A cesta básica era adquirida por meio de licitação e, muitas vezes, empresas de outros municípios venciam e faziam a entrega. Com o Cartão SAN, mercados e estabelecimentos de Lajeado serão beneficiados com as compras dos usuários.

Conforme a assistente social e coordenadora do CRAS Espaço da Cidadania, Fátima Luciane Leal Machado, o cartão é um benefício que vai qualificar a alimentação das famílias. “As nutricionistas também vão atuar com os usuários orientando como otimizar o valor do cartão e uma lista de compras orientando quais alimentos são de melhor custo-benefício. Além disso, as famílias receberão o benefício por quatro meses. Após este período, será reavaliada a necessidade conforme a segurança alimentar de cada família”, explica.

Os usuários receberam o cartão pessoal, intransferível, com uma senha e um termo de compromisso e responsabilidade.

O cartão é concedido para famílias inscritas no Cadastro Único do Governo Federal, que atendam aos critérios estabelecidos em Decreto Municipal e que estejam inseridas em Acompanhamento Familiar na SMDS.

- publicidade -