Campanha contra a poliomielite é prorrogada mais uma vez no estado

192
A “gotinha” é administrada em crianças de 1 a 4 anos com o esquema básico completo / Crédito: Anselmo Cunha / PMPA / Divulgação

Devido à baixa procura, as crianças que ainda não receberam vacina contra a poliomielite ganharam mais uma oportunidade. A Secretaria da Saúde (SES) do Rio Grande do Sul prorrogou novamente a Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite até 22 de outubro para crianças de 1 a 4 anos e multivacinação para atualização da caderneta de vacinação de crianças e adolescentes menores de 15 anos.

Esta já é a segunda prorrogação da campanha, que iniciou em 8 de agosto e deveria ter terminado em 9 de setembro, quando recebeu o primeiro adiamento, previsto para encerrar hoje (30/9).

Mesmo com o prolongamento da campanha, até o dia 28 o estado havia vacinado apenas 60,48%, sendo que a meta é atingir 95% do público. Em números, foram imunizadas 335 mil crianças de um total de 554 mil nessa faixa etária.

Nenhuma das faixas etárias atingiu a meta prevista, conforme dados do estado até 28 de setembro. Segundo as informações, as crianças de 2 anos pertencem ao grupo com menos vacinados.

Em relação às cidades, o mapa do Ministério da Saúde revela que 228 municípios gaúchos atingiram a marca de 95% ou mais de cobertura. Dentre elas, no Vale do Taquari, Colinas, Bom Retiro do Sul, Imigrante e Poço das Antas atingiram 100% da vacinação. Westfália (93,3%) está próxima da meta.

Em contrapartida, Fazenda Vilanova (85,9%), Teutônia (77,9%), Estrela (76,8%) e Lajeado (73,35%) estão com números bem abaixo do esperado.

Todas as crianças nesta idade devem fazer agora na campanha a vacina oral poliomielite (VOP), a “gotinha”, desde que já tenham recebido as três doses de Vacina Inativada Poliomielite (VIP) do esquema básico (previstas aos 2, 4 e 6 meses de idade).

As crianças abaixo de 1 ano de idade também estão convocadas para a campanha, porém, deverão ser vacinadas conforme o histórico vacinal, por isso não há meta de cobertura.

Além da pólio, as crianças e adolescentes até 15 anos com outras vacinas pendentes poderão fazer as demais doses.

Para as crianças as vacinas disponíveis são: hepatite A e B, penta (DTP/Hib/Hep B), pneumocócica 10 valente, vacina inativada poliomielite, vacina rotavírus humano, meningocócica C (conjugada), vacina oral poliomielite, febre amarela, tríplice viral (sarampo, rubéola, caxumba), tetraviral (sarampo, rubéola, caxumba, varicela), tríplice bacteriana, varicela e HPV quadrivalente (papilomavírus humano).

Aos adolescentes, estão disponíveis as vacinas HPV, dT (dupla adulto), febre amarela, tríplice viral, hepatite B, dTpa e meningocócica ACWY (conjugada).

Campanha de vacinação da lio por idade no RS em 2022 (até 28/9)
Idade: cobertura em %
1 ano: 62%
2 anos: 57%
3 anos: 60%
4 anos: 61%

- publicidade -