Certel recebe autorização para início das obras da Hidrelétrica Bom Retiro

153
Momento da assinatura das licenças / Crédito da foto: Samuel Dickel Bünecker / Diulgação

A Certel recebeu na manhã desta sexat-feira (30/9), da Secretaria Estadual do Meio Ambiente e Infraestrutura (Sema), a Licença de Instalação para construção da Hidrelétrica Bom Retiro, no Rio Taquari, entre Bom Retiro do Sul e Cruzeiro do Sul.

A secretária, Marjorie Kauffmann, recepcionou o presidente da Certel, Erineo José Hennemann, o vice-presidente, Daniel Luis Sechi e demais diretores na sede da Sema, em Porto Alegre, conferindo também à Cooperativa a Licença Prévia da linha de transmissão do empreendimento.

Moradora em Lajeado, Marjorie afirmou sentir-se duplamente satisfeita em poder contribuir com uma maior oferta de energia para desenvolver o Vale do Taquari e também o Estado. Classificou a energia como fundamental para a qualidade de vida e citou a ampla gama de 100 mil famílias que deverão ser beneficiadas, o que denominou como ‘espetacular’.

“Ainda mais que vamos contar com um ativo cujo impacto já estava posto pela barragem, que é de simples nivelamento de fluxo d’água para trânsito de navios e, agora, vai ser incorporado à questão hidrelétrica. É uma comemoração por completo, e aguardamos a implementação e instalação do empreendimento, sabendo que todos os requisitos ambientais foram apreciados e cumpridos. Mais uma vez, a Certel inova nas suas atividades e mostra que não basta ser a maior e mais antiga Cooperativa de Infraesturutra do País, mas que é preciso olhar para a frente sempre. São pessoas que não pensam só no hoje, mas que têm a cabeça aberta para o futuro. Isso é o maior motivo de orgulho para os associados da Certel, pois a Cooperativa não parou e avança pari passu com o que Teutônia, o Vale e o mundo precisam”, explanou.

Hennemann agradeceu pela agilidade na liberação da licença, visto que o projeto da hidrelétrica foi lançado a cerca de um mês. Também enfatizou sobre a importante contribuição que será dada pela usina, ampliando a capacidade energética do Vale e proporcionando também o fortalecimento da Cooperativa.

“Ficamos muito felizes e, em nome do Conselho de Administração e dos nossos aproximadamente 80 mil associados, quero reconhecer esse momento tão especial que estamos vivenciando, pois significa a certidão de nascimento da obra. O Vale do Taquari agradece e reconhece esta agilidade em liberar esse importante documento que agilizará as obras da hidrelétrica, que deve gerar em torno de 500 empregos diretos e indiretos”, pontuou.

Também estiveram presentes o superintendente da Certel, Ilvo Edgar Poersch, os diretores Julio Cesar Salecker e Ernani Aloísio Mallmann, o coordenador administrativo-financeiro, Cleverson Castro Ortiz de Oliveira, o proprietário do terreno, Leonel Pretto e o representante da Biolaw, Adriano Cunha.

- publicidade -