Câmara de Vereadores de Estrela suspende trabalhos na sede após inundação

Esta é a primeira vez que uma cheia atinge o plenário e o andar inferior desde a inauguração do prédio, em 2007.

675
Plenário da Câmara foi um dos espaços atingidos pela enchente / Crédito: Joilson Pereira / AI Câmara de Vereadores de Estrela

A sede do Poder Legislativo de Estrela, situada na Rua Dr. Tostes, nº 51, em frente à Praça Henrique Roolart, teve o plenário e o andar inferior inundados pela primeira vez desde sua inauguração, em agosto de 2007.

Ainda contabilizando os prejuízos, visando restabelecer o quanto antes a normalidade das atividades e entendendo que a prioridade máxima neste momento é a reestruturação do município e das vidas da população, o Legislativo de Estrela editou a Resolução de Mesa nº 19/2023 que, levando em consideração todos os fatores da cheia que atingiu a cota de 29,62 metros, bem como os decretos de Estado de Calamidade Pública editados pelos Executivos Municipal e Estadual, ficou resolvido a suspensão de todo o trabalho legislativo na Sede, sem realização de atividades legislativas e administrativas pelo período de 30 dias.

A resolução também estabelece que “as reuniões das comissões e as sessões plenárias poderão ser mantidas dentro da necessidade e urgência para aprovação de Projetos de Lei do Poder Executivo, por meio de reuniões virtuais com uso de tecnologia que permita discussão e votação remota, sem a presença física dos seus membros, em data a ser designada pela Mesa Diretora”.

Por fim a resolução estabelece que “as reuniões presenciais serão retomadas tão logo permitidas por ato da presidência, podendo ocorrer anterior ao prazo estabelecido no art. 1º.”

Ao longo das próximas semanas, os servidores estarão dedicados ao levantamento dos prejuízos e à reorganização do prédio da Câmara Municipal de Vereadores de Estrela.

- publicidade -