Sustentabilidade e inovação são os destaques da Philip Morris Brasil na Expoagro Afubra 2024

Companhia terá dois espaços para apresentar o impacto de sua estratégia de sustentabilidade no campo e fora dele

1159
Crédito: Divulgação

A Philip Morris Brasil (PMB) está presente com dois estandes na Expoagro 2024, promovida pela Associação dos Fumicultores do Brasil (Afubra), entre os dias 19 e 22 de março, em Rincão del Rey, Rio Pardo (RS). No espaço principal, a PMB apresentará aos visitantes os resultados positivos das ações de sustentabilidade e boas práticas de trabalho, além das oportunidades de melhoria que oferece para os produtores e suas propriedades.

O outro estande ficará na Arena da Inovação e vai mostrar como o tabaco está inserido na transformação da empresa e na construção de um futuro sem fumaça. Neste espaço o visitante poderá entender melhor a tecnologia do IQOS, produto de tabaco aquecido ainda não registrado e comercializado no Brasil, mas que já está presente em 84 mercados.

Um modelo digital de uma propriedade demostrará como os programas da companhia contribuem para o desenvolvimento sustentável e a manutenção da atividade do produtor rural. Este é um pilar essencial, já que a companhia promove diversas iniciativas no que diz respeito a preservação do meio ambiente, responsabilidade social e governança. As iniciativas incluem políticas de boas práticas agrícolas, diversificação de culturas, geração de renda, além de projetos de mecanização das lavouras e de preservação e recuperação ambiental.

“O Brasil é o maior exportador de tabaco do mundo graças aos seus indicadores de qualidade e sustentabilidade. Acreditamos que a parceria com os produtores é essencial e reforçamos nosso compromisso em manter relações pautadas pela ética com condições dignas de trabalho e oferta de suporte técnico constante”, afirma Roberto Schloesser, diretor da operação de tabaco da Philip Morris Brasil. 

Na Arena da Inovação da Expoagro, os visitantes poderão conferir no estande da PMB uma demonstração do dispositivo de tabaco aquecido IQOS. A tecnologia aquece o tabaco sem queimá-lo. Dessa maneira, reduz-se a exposição de até 95% dos compostos tóxicos, em comparação com o cigarro. Ao longo dos últimos anos, a companhia tem investido em pesquisa e desenvolvimento de produtos livres de fumaça e vai continuar realizando novos estudos a longo prazo.

A participação da PMB na feira também reforça o importante papel da produção e exportação de tabaco na economia brasileira. A produção de tabaco foi de 590 mil toneladas em 2022, e representou uma arrecadação de impostos na ordem de R$ 12,2 bilhões. A agricultura familiar é a base da produção do tabaco e se concentra principalmente no Sul do Brasil. “A indústria do tabaco impulsiona o desenvolvimento econômico e gera empregos, principalmente nas regiões rurais”, destaca Jorge Struecker, gerente sênior da operação de tabaco no Brasil.

Geração de renda e preservação ambiental

Um dos programas que serão apresentados na Expoagro é a CPR Verde (Cédula de Produto Rural Verde), uma iniciativa pioneira que a PMB está liderando no Sul do país. A CPR Verde é um título de crédito que visa incentivar a sustentabilidade em propriedades rurais. Dessa forma, os produtores recebem um pagamento adicional da PMB por preservar a mata nativa na propriedade, seguindo os princípios do Pagamento por Serviços Ambientais (PSA). 

Os produtores também são recompensados no programa Protetor das Águas, que tem por finalidade proteger as nascentes de rios em propriedades rurais em Vera Cruz (RS) e é reconhecido pela Agência Nacional das Águas (ANA). A iniciativa conta com a participação de 106 produtores inscritos, que desempenham um papel fundamental na proteção de uma área rural de 224 hectares, onde 129 nascentes foram catalogadas.

Serão apresentadas ainda outras iniciativas que ajudam a engajar as comunidades locais, como o Projeto Quintais Orgânicos de Frutas, em parceria com a Embrapa, que incentiva o plantio de árvores frutíferas, contribuindo para a segurança alimentar, biodiversidade e incremento de renda. Outro destaque na maquete digital serão as ações para o funcionamento eficiente e seguro das propriedades, com orientação sobre uso e manutenção de estufas, depósitos e painéis solares.

- publicidade -