Auxílio às comunidades marca protagonismo de Cooperativas como a Certel

123
Crédito: Divulgação/Certel

Em julho, celebra-se um modelo de negócio diferenciado, que muito tem feito, no mundo inteiro, para que a humanidade viva em melhores condições. No dia 6 de julho, é comemorado o Dia Internacional do Cooperativismo, e é significativo verificar o quanto ele tem contribuído para que, em variados ramos de atuação, nossa sociedade consiga evoluir.

Como maior e mais antiga Cooperativa do ramo infraestrutura do País, a Certel mantém-se fiel aos princípios e valores desse sistema, que preza em oferecer trabalho e desenvolvimento econômico sem jamais esquecer do aspecto social. Basta remetermos a marca de agilidade e excelente atendimento, construída em 68 anos de história da Certel, à recente atenção dada diante da catástrofe ambiental que atingiu o Estado e, principalmente, o Vale do Taquari.

Diante de uma instabilidade climática nunca antes vista, o esforço da Certel se somou às demais Cooperativas, empresas terceirizadas, entidades, prefeituras e associados, que foram fundamentais para reconstruir a rede elétrica e trazer de volta a energia às casas e empresas. A cooperação, essência do sistema cooperativista, esteve muito em voga nesses dias tão difíceis.

A propósito, a ação do Dia C da Certel deste ano é “Impulsionando Vidas e Comunidades”, e apregoa que o valor da doação não se mede pela quantidade, mas com o amor e a bondade que se coloca nela. Desde o início da catástrofe ambiental, a Certel arrecadou, em suas 37 lojas distribuídas pelo Estado e na sede administrativa, em Teutônia, diversas doações nas opções adulto e infantil.

Estas doações estão sendo destinadas a funcionários e associados atingidos pela enchente histórica. A Certel também auxiliou com triagens e/ou descarga de doações e confecção de kits nos centros de distribuição, e doou lava jatos para entidades, como escolas e CTGs das localidades em que atua com energia ou varejo.

Todos os funcionários ajudaram de alguma forma, seja com dinheiro, materiais, móveis, outros donativos, palavras amigas e até publicações. Entre as cidades contempladas, estão Brochier, Estrela, Lajeado, Travesseiro, Marques de Souza, Bom Retiro do Sul, Arroio do Meio, Encantado e Teutônia, num total estimado de 555 pessoas beneficiadas.

Presidente e vice-presidente da Certel, Erineo José Hennemann e Daniel Luis Sechi, enfatizam que a Certel quer fortalecer a prática cooperativista em todas as suas ações. “Queremos agradecer a todos que fazem parte dessa bonita história de superação e sucesso.

O Cooperativismo é justo, ético e cidadão, e pretendemos oferecer um número cada vez maior de benefícios as nossas comunidades. Um agradecimento a todos que auxiliaram diante desse grande desafio climático, que trouxe muitos prejuízos para o Estado. Com certeza, juntos somos mais fortes”, pontuaram.

- publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Escreva seu comentário!
Digite seu nome aqui