Faltam 10 dias para o Fórum Coopop

159
Ingressos são limitados a 150 pessoas / Crédito: Carla Beckmann - Arquivo FP

Reforçando a missão de dar vez e voz à comunidade, o Grupo Popular realiza a segunda edição do Fórum Coopop. Neste ano, o evento ocorre dia 16 de julho, na CIC Teutônia, das 13h às 17h30.

O tema “O associativismo e o cooperativismo serão as forças para levantar o Vale do Taquari”, estará no centro do debate. A proposta é discutir o papel das instituições frente às enchentes que atingiram o estado em maio deste ano, através da interação e participação do público com a distribuição de questões sobre o tema. Com isso, o fórum busca fomentar a discussão e participação ativa entre os participantes.

O evento iniciará com a leitura da Carta de Teutônia 2023. O documento é o principal resultado do Fórum Coopop. A programação segue com as palestras de Gilberto Piccinini, presidente da Dália Alimentos e conselheiro da Associação Comercial e Industrial de Encantado (ACI-E), e de Aline Eggers Bagatini, diretora-presidente da Fruki Bebidas e coordenadora do Arranjo Produtivo Local Alimentos e Bebidas Vale do Taquari.

Eles falarão, respectivamente, sobre como a Cooperativa Dália encarou a crise da proteína animal e enfrentou duas enchentes; e os benefícios de estar associado a um Arranjo Produtivo Local em tempos de crise.

Após, será realizado um grande debate entre os presentes, num trabalho de grupo que embasará a construção da Carta de Teutônia 2024. Esta atividade será coordenada pela professora e integrante do Grupo de Cooperativismo da Univates, Fernanda Wiebusch Sindelar.

Para garantir vaga nesta edição do fórum, é necessário acessar o App Corujas e adquirir o ingresso. Para o público geral, o investimento é de R$ R$ 20; para estudantes, o valor é R$ 10. A participação pode também ser efetivada pelo site Corujas, cujo link está no QR Code da matéria. São 150 vagas disponíveis para o público, e as inscrições encerram ao meio-dia da segunda-feira (15/7).

Terra do Associativismo e do Cooperativismo

A comissão do Fórum é composta pelos representantes Lucas Leandro Brune (Grupo Popular), Renato Lauri Scheffler (CIC Teutônia), Samuel Maders (Certel), Raquel Schwingel (Sicredi Ouro Branco), Fernanda Wiebusch Sindelar (Univates) e Evair Volnei Brune (Sicoob São Miguel). Os membros trabalham na proposta de tornar Teutônia a “Terra do Associativismo e Cooperativismo”.

A iniciativa é baseada na quantidade de cooperativas no município, bem como faz coro à aprovação da resolução “Cooperativas no desenvolvimento social” pela ONU, consagrando 2025 como o Ano Internacional das Cooperativas.

QR CODE: Garanta sua presença

https://corujas.page.link/3yw5

- publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Escreva seu comentário!
Digite seu nome aqui