Em nova nota, Executivo de Teutônia dá parecer sobre descarte incorreto em Canabarro

Denúncia enviada à reportagem da Folha Popular ocorreu na primeira semana de janeiro.

195
Local é de propriedade da Prefeitura. Créditos: Camille Lenz da Silva

Em nova nota divulgada pela Assessoria de Comunicação do Executivo de Teutônia na tarde desta terça-feira (24/1), foi trazido parecer sobre a situação de descarte incorreto de resíduos na Rua Leopoldo Tiggemann, no bairro Canabarro. Segundo a nota, a Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente, ao tomar conhecimento do depósito de material inerte, solicitou ao departamento de Meio Ambiente a elaboração de laudo de constatação (fase em andamento).

Ainda, a Administração procura identificar os responsáveis pelo descarte irregular no local para efeitos de autuação. Como responsável pela área, o Executivo determinou a elaboração de Plano de Recuperação de Área Degradada (PRAD) após a constatação dos danos existentes no local.

“A partir do ocorrido, as Secretarias de Saúde, Agricultura e Meio Ambiente vêm realizando levantamento que identificou dezenas de áreas em que está ocorrendo descarte irregular de resíduos, os quais estão gerando, inclusive, focos de proliferação do mosquito Aedes aegypti. O Comitê de Combate à Dengue agendou uma reunião nesta semana para tratar sobre o assunto e definir as ações que serão tomadas para solucionar o problema”, diz a nota.

Ainda segundo a Prefeitura, é necessária a conscientização da população quanto à destinação correta de lixo, entulhos, galhos, mobiliário e demais resíduos sólidos.

Entenda

A reportagem da Folha Popular recebeu, nas primeiras semanas de janeiro, denúncias da população sobre descartes irregulares de resíduos que estariam ocorrendo nos Bairros Centro Administrativo, Canabarro e Alesgut. Duas das áreas são de propriedade do Executivo de Teutônia.

Na tarde desta segunda-feira (23/1), a Prefeitura se manifestou, também através de nota, sobre a situação no bairro Centro Administrativo e informou que a empresa que atua no local prevê limpar o terreno até o início de fevereiro.

Das denúncias realizadas, seguem ainda em análise pelo Município o descarte no Bairro Alesgut e a queixa do aposentado José Martins sobre a seca de açudes após reparo por parte do poder público em cano de água na via em questão, no Bairro Canabarro.

- publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Escreva seu comentário!
Digite seu nome aqui