Animação das bandas Barbarella e Brilha Som encerraram as programações de shows da Estrela Multifeira

290
Barbarella abriu o show com o sucesso “Só uma canção”/ Crédito da foto: Frederico Sehn / Divulgação

“Eu quero uma canção que libere as emoções pra cantar, pra dançar, pra sonhar”. Foi em clima de baile que a Estrela Multifeira 2019 encerrou sua programação artística e cultural no anoitecer deste domingo (08/09). Com o Pavilhão de Shows lotado, as bandas Barbarella e Brilha Som agitaram o público e transformaram o espaço em um grande salão de dança.

Adriane Hauschild (40), de Estrela, veio ao Porto especialmente para ver a apresentação da Banda Barbarella. Ao lado do marido Rafael Barros (36), a fã declarada da banda foi uma dos muitos que curtiu o repertório de sucesso aberto com a tradicional “Só uma canção”. “Começar com a música mais famosa deles é sempre maravilhoso”, comentou. Para ela, trazer os artistas locais para o evento é uma forma de valorizar o povo estrelense, especialmente por ser um grupo que as pessoas gostam, independentemente da idade: “Eles têm uma energia que contagia. A gente fica eufórica e esquece de todos os problemas”. Referindo-se ao vocalista Nando Rosa, Adriane resumiu a atuação da banda: “Ele conversa com os olhos. Não tem como não amar”.

Já o sucesso “A lua e a noite” foi a primeira canção tocada pelo Brilha Som, que intercalou músicas próprias com as de outros artistas consagrados no país, como Roupa Nova, RPM e Raça Negra. Todo o show teve um clima dançante e animado, inspirando o público a cantar e dançar junto com o grupo.

A lua e a noite” foi a canção de abertura da banda Brilha Som / Crédito da foto: Frederico Sehn / Divulgação
- publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Escreva seu comentário!
Digite seu nome aqui